Estatais, Justiça e economia são os destaques das manchetes dos jornais

Primeira Hora – Anexo 6

Estatais, Justiça e economia são os destaques das manchetes dos jornais. Venda de ativos é suspensa pela Petrobras; estatal do petróleo é prejudicada por ações na Justiça; condenação de Eike Batista repercute; infraestrutura tem debêntures fortalecidas.

SINOPSE DE 04 DE JULHO DE 2018.

Edição: Sérgio Botêlho 

JORNAIS  :

Manchete e destaques do jornal O Globo : Petrobras suspende venda de ativos. Estatal recua após liminar do ministro Lewandowski. Além de frustrar plano de redução de endividamento da empresa, decisão do STF adia competição na área de refino. A Petrobras anunciou a suspensão da venda de quatro refinarias, de uma empresa de fertilizantes e da Transportadora Associada de Gás (TAG), cumprindo a decisão do ministro do STF Ricardo Lewandowski, que proibiu o governo de privatizar estatais sem aval do Congresso. A medida, que atingiu em cheio o plano da empresa de reduzir o endividamento com a venda de ativos, também adia o fim do monopólio da estatal no refino. O segmento necessita de mais investimentos para atender ao aumento da demanda por combustíveis e para possibilitar a concorrência que leve à redução dos preços/

Após 18 anos, sarampo volta a preocupar o Rio. Uma universitária teve resultado positivo para sarampo em exame preliminar, e há outros três casos suspeitos no Rio, onde não se registrava contágio autóctone há 18 anos. A Secretaria estadual de Saúde emitiu alerta sobre a possibilidade da volta do sarampo, que vive um surto no Norte do país/

Por propina, Eike pega pena de 30 anos. O empresário Eike Batista foi condenado a 30 anos de prisão por lavagem e corrupção ativa. Ele pode recorrer em liberdade/

Editorial1: Nova oportunidade para as ferrovias. Ideia de se permitir que empresas privadas toquem projetos em troca da prorrogação de concessões pode viabilizar a expansão de um setor estratégico em que o país é carente/

Editorial2: Projeto do Porto precisa ter continuidade. De todas as obras que ficaram como legado da Rio 2016, a revitalização da Zona Portuária é, sem dúvida, uma das mais importantes.

Manchete e destaques do jornal Estado de São Paulo : Ações judiciais complicam recuperação da Petrobrás. Estatal, que em maio chegou a registrar maior valor de mercado de sua história, suspende venda de ativos/

Projeto veta suspensão de lei por ministro do Supremo. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou projeto que proíbe ministros do STF de suspender leis de forma individual. A proposta vai ao Senado e tem como objetivo evitar que apenas um ministro decida casos de Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) e Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF)/

Ex-bilionário Eike Batista é condenado a 30 anos de prisão. O empresário Eike Batista, que já figurou entre os dez homens mais ricos do mundo, foi condenado a 30 anos de prisão e ao pagamento de R$ 55 milhões em multas por corrupção ativa e lavagem de dinheiro por pagar propina de US$ 16 milhões (R$ 51 milhões), em 2011, ao então governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB)/

Bolsonaro fala em SP a empresários. Em reunião com alguns dos mais importantes empresários do País, o pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) não mostrou agenda econômica consistente, segundo relatos/

Bolsonaro se ‘refugia’ em banheiro após confusão em aeroporto. Bolsonaro se envolve em discussão em aeroporto. Segundo a assessoria do deputado, ele foi abordado por uma mulher enquanto se preparava para embarcar para Brasília/

Vera Magalhães: Divorciada da própria história, esquerda abre mão de dialogar com a sociedade, que elegeu a corrupção como assunto central/

Leandro Karnal. Nos Estados Unidos, o 4 de Julho é festejado com fogos de artifício. Nosso 7 de Setembro é um desfile cívico-militar/

Editorial1: A saudável normalidade da lei. Delações têm produzido muitos escândalos. Urge agora um trabalho rigoroso que identifique o que tem lastro probatório e o que não tem/

Editorial2: Os emergentes e a briga alheia. Retirada de capitais voláteis pode ocasionar turbulências.

Manchete e destaques do jornal Folha de São Paulo : Eike Batista é condenado a 30 anos de detenção. O empresário foi sentenciado pelo juiz federal Marcelo Bretas, do Rio, por corrupção e lavagem; ele vai recorrer/

Entrevista: Meirelles não pode ter vergonha de Temer, afirma Romero Jucá. Presidente do MDB diz que pré-candidato precisa radicalizar discurso e defender legado/

Governo poderá remanejar mais de 1 milhão de servidores federais. O Ministério do Planejamento publica hoje regras que facilitam a realocação de servidores federais. A medida tem potencial para atingir 1,2 milhão de funcionários públicos/

A promessa é atacar setores ineficientes na administração pública e racionalizar a gestão de pessoal/

Moro diz lamentar interpretação do STF sobre Dirceu. O juiz Sérgio Moro criticou decisão do ministro Dias Toffoli de revogar cautelar contra José Dirceu. Moro havia determinado que o ex-ministro do PT, solto pela Segunda Turma do STF, usasse tornozeleira eletrônica. Para ele, Toffoli mudou entendimento da corte sobre o tema/

Meninos presos em caverna terão aulas de mergulho. Os 12 meninos e seu técnico de futebol, isolados pela água há dez dias em caverna inundada na Tailândia, receberão comida para quatro meses e aulas de mergulho. Socorristas continuam a bombear água para facilitar o resgate deles, que deverão percorrer 4 km até a saída/

Justiça do Equador quer prisão de ex-presidente. Foi pedida a prisão preventiva de Rafael Correa, acusado de mentorear sequestro de opositor. Ele, que mora na Bélgica, afirma se tratar de complô/

Conta de luz tem reajuste de 14% e elevará inflação. O aumento deste ano, acima do esperado, deve adicionar o,5 ponto ao IPCA. Ontem, a Aneel (agência reguladora) autorizou alta de 15,8% em SP/

Para Walter Salles, Streaming deve ter cota para brasileiros/

Copa 2018. Quartas de final têm pior ranking desde a Copa-1994. As quartas de final da Copa terão o pior ranking de seleções desde o Mundial-94, nos EUA, o primeiro com a lista feita pela Fifa. A anfitriã Rússia, por exemplo, é apenas a 70a colocada. Ontem, Suécia e Inglaterra avançaram, o que garantiu ao menos um europeu na final. Os suecos bateram a Suíça, e os ingleses eliminaram a Colômbia nos pênaltis/

Editorial1: Mudança. Saúde cara. Reajustes e novas regras geram controvérsia em torno dos planos privados/

Editorial2: São Paulo. Javali protegido. Na prática, lei autorizou a continuada proliferação dos bichos e a destruição que ocasionam.

Manchete e destaques do jornal Valor Econômico : Debênture de infraestrutura alcança recorde de R$ 10,5 bi. A emissão de debêntures incentivadas (livres de imposto) de infraestrutura somam R$ 10,5 bilhões no ano, maior volume desde a realização das primeiras operações, em 2012/

Negociação de precatórios ganha impulso. A recente possibilidade do pagamento de dívidas tributárias com precatórios fez empresários e investidores olharem com mais atenção para esse mercado, estimado em cerca de R$ 160 bilhões/

Projeto reduz autonomia de ministro do STF. A Câmara aprovou ontem projeto de lei que proíbe os ministros do Supremo Tribunal Federal de concederem, monocraticamente, liminares em Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) e Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) para suspenderem a aplicação de leis/

Novo segmento. Uma das maiores farmacêuticas de capital nacional, a Biolab começa a produzir medicamentos genéricos em uma fábrica no Rio de Janeiro, como decorrência da recente compra da Actavis Brasil, que pertencia à israelense Teva, informa Cleiton de Castro Marques/

‘Urna não trará líder que mude o país’. Com a experiência de quem atuou por oito anos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro da Justiça, Torquato Jardim, tem uma visão dramática sobre os desafios que se colocam para as eleições de outubro. “O presidencialismo de cooptação não vai mudar com as eleições, seja quem for o escolhido”, afirma/

Comunicado vai detalhar união de Boeing e Embraer. Embraer e Boeing devem divulgar em breve comunicado conjunto com detalhes da criação da nova companhia, marcando o fim das negociações. A companhia americana será majoritária na nova empresa/

Guerra comercial pode envolver US$ 1 trilhão. Os Estados Unidos devem começar a impor, na sexta-feira, tarifas sobre US$ 34 bilhões em importações chinesas e Pequim deverá se voltar contra montante igual de importações americanas, numa escalada na guerra comercial entre os dois países/

Para reduzir dívida, governo mantém devolução de R$ 70 bi do BNDES este ano. Como a União não vai precisar dos recursos para cumprir a regra de ouro em 2018, presidente do banco chegou a dizer que talvez União preferisse receber ano que vem/

Agronegócio e CNI rejeitam acordo sobre frete. Proposta tem gerado críticas até de representantes do governo/

Mesmo com greve, balança tem superávit de US$ 5,9 bi em junho. Analistas concordam com efeito da paralisação, mas destacam que os saldos comerciais perdem fôlego desde o início do ano/

Bretas condena Eike a 30 anos de prisão por corrupção e lavagem. Além do empresário, foram condenados na mesma ação Flavio Godinho, Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo e Wilson Carlos/

Partidos. Em carta pública, Lula faz críticas a Fachin e reafirma candidatura. Ex-presidente parte para a ofensiva e fala em ‘manobras’ para tirá-lo das eleições de outubro/

O destino de Temer. Para ministro da Justiça, prisão está fora de cogitação e “não há base legal”/

Governo manobra por urgência da Eletrobras. Oposição protesta e ameaça recorrer à Justiça/

China pressiona Europa por aliança contra os EUA. Apesar da política protecionista de Donald Trumo, a UE rejeita a ideia de se aliar a China contra os EUA, porque concorda com muitas das queixas de Washington com relação as políticas predatórias de Pequim/

Editorial: Fraqueza do emprego reduz previsões de crescimento. Em apenas um trimestre, 475 mil brasileiros deixaram de procurar emprego por acreditarem que não conseguiriam uma vaga.

Deixe uma resposta

Fechar Menu