Emprego, demanda e desigualdade são destaques das manchetes

Emprego, demanda e desigualdade são temas em destaque nas manchetes dos grandes jornais nesta sexta-feira, 22 de novembro. Chegamos ao 326º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isso, porque estamos a apenas 39 dias para o réveillon 2019-2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

Economia

“Confiança em retomada da economia faz emprego reagir. País cria 70,8 mil vagas formais em outubro, melhor resultado para o mês desde 2017; comércio lidera contratações”. Manchete de capa do Estadão.

“Emprego formal tem melhor desempenho desde 2014. País criou 841,5 mil vagas de janeiro a outubro. Na contramão, Rio perdeu postos”. Manchete de capa do O Globo.

“Inflação baixa retrata demanda ainda fraca. Mesmo itens que reagem mais ao ritmo da atividade econômica continuam com os preços extremamente comportados”. Manchete de capa do Valor Econômico.

“Desigualdade trava o país, diz Arminio. Para o ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga, sem reduzir a desigualdade, é improvável que ocorra o destravamento da economia”. Destaque de capa do Valor Econômico.

STF/Coaf

“STF sinaliza tirar Coaf de julgamento sobre Receita. Maioria dos ministros defende restringir análise sobre compartilhamento de dados apenas a informações da Receita Federal; sessão será retomada quarta-feira”. Destaque de capa do Estadão.

“Moraes vota por envio de dados sem autorização. Para ministro do STF, segundo a votar no plenário, tanto a Receita quanto o antigo Coaf podem enviar relatórios ao MP sem autorização judicial. Magistrados criticam decisão de Toffoli, que aumentou alcance da ação original”. Destaque de capa do O Globo.

Política

“Bolsonaro e filhos vão comandar novo partido. PARTIDO FAMÍLIA. Com filhos no comando, Bolsonaro lança sua legenda”. Destaque de capa do O Globo.

“Bolsonaro lança partido próprio com bala e bíblia. Pauta conservadora e antisocialismo movem Aliança pelo Brasil, nº 38, que tem desafio de concorrer em 2020”. Manchete de capa da Folha.

“Novo partido espelha Bolsonaro. Programa apresentado revelou uma legenda com viés fortemente religioso, uma pauta conservadora, liberal na economia, de ideologia anticomunista e pró-armas”. Destaque de capa do Valor Econômico.

Rio

“Depois de perder o carnaval, Witzel quer o réveillon. Witzel acena com lei de incentivo para alavancar réveillon da prefeitura, ainda sem patrocínio”. Destaque de capa do O Globo.

“Propina da Fetranspor barrou CPI dos ônibus, diz delator. Em delação premiada, ex-dirigente da Fetranspor afirma ter se reunido com o atual presidente da Câmara e outros três vereadores para que comissão fosse integrada por uma maioria favorável aos empresários do setor”. Destaque de capa do O Globo.

Netanyahu

“Netanyahu indiciado por suborno e fraude. Após três anos de investigações, procurador-geral, Avichai Mandelblit, acusa primeiro-ministro de envolvimento em três escândalos diferentes; processo complica a formação de nova coalizão de governo e pode precipitar a convocação de novas eleições”. Destaque de capa do Estadão.

“Netanyahu é indicado por corrupção, fraude e abuso de confiança”. Destaque de capa da Folha.

“Procurador denuncia Netanyahu e amplia incerteza política em Israel”. Destaque de capa do O Globo.

Gugu

“Apresentador Gugu internado em estado grave nos EUA após queda. Apresentador de televisão caiu de uma altura de quatro metros em sua casa de Orlando e bateu com a cabeça”. Destaque de capa do O Globo.

Governo

“MEC coletará dados de estudantes em carteira gratuita. Documento do MEC custará R$ 10,5 milhões por ano e exigirá acesso a dados do aluno”. Destaque de capa do O Globo.

Governo

“União quer cobrar 70% menos de empresas em recuperação”. Destaque de capa da Folha.

“Bolsonaro envia projeto para isentar policiais e militares de punição”. Destaque de capa da Folha.

“Projeto que isenta militar de punição vai ao Congresso. Proposta retoma isenção por morte que já foi rejeitada 2 vezes pelo Congresso este ano”. Destaque de capa do O Globo.

Desmatamento

“Desmate cresce mais em áreas protegidas na Amazônia. Destruição ocorreu mais em áreas federais, como as controladas pelo ICMBio, e estaduais e em terras indígenas, onde, por lei, não poderia ocorrer nenhuma retirada da floresta. Neste ano ainda houve aumento de cortes em polígonos com mais de 500 hectares”. Destaque de capa do Estadão.

Concessões

“Verba de concessões pode ser ‘carimbada’. Hoje, recursos da outorga vão para a União, mas projeto de lei propõe que sejam direcionados a investimentos em obras públicas”. Destaque de capa do Estadão.

Condenação

“Fernando Pimentel é condenado a 10 anos. Petista foi sentenciado por tráfico de influência e lavagem de dinheiro na época em que foi ministro do Desenvolvimento”. Destaque de capa do Estadão.

São Paulo

“Prefeitura acusa Itaú de fraude e cobra R$ 3,8 bi. Secretaria da Fazenda diz que instituição simulou atividade em outra cidade para sonegar ISS; defesa alega que segue lei ‘rigorosamente’”. Destaque de capa do Estadão.

Bolívia

“Cortejo enfrenta a polícia pra levar mortos a La Paz”. Destaque de capa da Folha.

Colômbia

“Milhares marcham em greve geral na Colômbia. Em Bogotá, o Congresso foi apedrejado. Greve geral é convocada por sindicatos, estudantes e indígenas”. Destaque de capa da Folha.

📃 Editoriais do dia:

Segunda instância

“Congresso testa rotas para a volta da 2ª instância. Políticos precisam estar conscientes dos limites constitucionais para aprovar legalização da jurisprudência”. Editorial do O Globo.

Reformas

“Resistência à modernização. Ao adiar a apresentação da proposta de reforma administrativa, a preocupação de Jair Bolsonaro é com alguns setores do funcionalismo ou com todo o País?.” Editorial do Estadão.

São Paulo

“Legalização dos camelôs. Ao contrário dos seus antecessores, o prefeito Bruno Covas decidiu legalizar a situação dos camelôs, que hoje são 45 mil na cidade de São Paulo.” Editorial do Estadão.

Internet

“A liberdade em declínio. Estudo aponta que, pelo nono ano consecutivo, aumentaram os obstáculos à liberdade na internet”. Editorial do Estadão.

Fake News

“Bad News. Proposta do TSE para combater notícia fraudulenta nas campanhas desperta dúvidas”. Editorial da Folha.

Bolívia

“Passo boliviano. Finalmente proposta, nova eleição é essencial para a normalidade democrática”. Editorial da Folha.

EUA

“Guinada democrata à esquerda pode ajudar um Trump em apuros. Campanha das primárias dos adversários auxilia a compensar inquérito do impeachment”. Editorial do O Globo.

Brasil/Argentina

 “Entre a guerra comercial e turbulências financeiras. Brasil e Argentina seriam pouco afetados por uma desaceleração das economias chinesa e americana”. Editorial do Valor Econômico.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 21, em alta de 1,54%, a 107.497. O dólar em baixa de -0,12%, a R$4,19.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu