Dólar, governo e universidades são temas em destaque

? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?

? Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 315- A 101 dias do fim do ano de 2019, hoje é sábado, 21 de setembro de 2019, 264º dia do ano.

Sinopse da grande mídia impressa: Alta do dólar está pressionando empresas, apesar de não ter atingido os preços, traduz o Estadão em sua manchete. Enquanto isso, governo libera R$8,3 bilhões para evitar paralisia, segundo a manchete do O Globo. Na Folha, drama nas universidades: corpo docentes da USP, Unesp e Unicamp cai 10% em 4 anos.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Manchetes do dia:

“Dólar pressiona empresas, mas alta não chega aos preços. Demanda interna fraca impede repasses; volatilidade da moeda afeta exportações, que deveriam ser beneficiadas”. Manchete de capa do Estadão.

“Para afastar risco de paralisia governo libera R$8,3 bilhões. Educação, Economia e Defesa são os ministérios mais beneficiados pela medida”. Manchete de capa do O Globo.

“Corpo docente da USP, Unesp e Unicamp cai 10% em 4 anos. Crise econômica leva estaduais a não repor quem se aposenta; professores temporários chegam a ganhar R$927”. Manchete de capa da Folha.

? Editoriais do dia:

“Não existe base legal para a CPI da Lava-Toga. Também a tentativa de se instalar comissão sobre vazamento na Lava-Jato não tem lastro na lei”. Editorial do O Globo.

“Ataque de Bolsonaro a Bachelet levou a uma inflexão com o Chile. Postura equilibrada do presidente Piñera foi vitória da diplomacia chilena sobre a brasileira”. Editorial do O Globo.

“Perdendo posições. Mesmo num quadro internacional de baixo crescimento econômico, o Brasil será um dos países com pior resultado neste ano e em 2020, segundo projeção da OCDE”. Editorial do Estadão.

“O Brasil na armadilha do 1%. Estimativas do PIB continuam apontando taxas anuais de crescimento pouco acima ou pouco abaixo de 1%”. Editorial do Estadão.

“O dinheiro da Lava Jato. O acionista minoritário, o principal atingido pela corrupção da Petrobrás, foi novamente prejudicado”. Editorial do Estadão.

“’Light’, mas pesado. Sob pressão, projeto que afrouxa as regras eleitorais ficou menos deplorável”. Editorial da Folha.

“Concreto sem fim. Com pagamento, empresas constroem mais prédios altos e comprometem bairros de SP”. Editorial da Folha.

? Outros destaques:

“Jovens marcham pelo ambiente. Com cartazes, adolescentes de mais de 130 países protestaram contra o aquecimento global; em São Paulo, a Amazônia foi o centro”. Na capa do Estadão.

“Jovens saem às ruas em todo o mundo pelo clima. Nova York, que recebe a Assembleia Geral da ONU, na próxima semana, teve um dos maiores atos, com a participação da ativista sueca Greta Thunberg”. Na capa da Folha.

“Jovens se unem em defesa do planeta. Milhões de jovens cobram ação contra as mudanças climáticas. No que já é considerado o maior protesto da História em defesa do meio ambiente, quatro milhões de jovens, segundo os organizadores, participaram de atos em milhares de cidades pelo mundo.” Na capa do O Globo.

“Sem carro por opção. Na Semana da Mobilidade, moradores de SP expõem razões para abrir mão do automóvel”. Na capa do Estadão.

“‘Mulher não tem de ser perfeita’. Reshma Saujani, fundadora da ONG Girls Who Code”. Na capa do Estadão.

“PF indicia 13 em investigação de Brumadinho. Sete funcionários da Vale e seis da Tüv Süd são acusados de falsidade ideológica e produção de documentos falsos; pena é de até 6 anos e suspeitos negam relação com rompimento. Delegado diz ter elementos também para acusação por crime culposo”. Na capa do Estadão.

“Governo libera R$ 12,4 bilhões; metade vai para três pastas. Metade da verba foi direcionada para os ministérios da Educação, Economia e Defesa; Executivo descarta apagão da máquina pública”. Na capa do Estadão.

“Turistas estão receosos. Dólar turismo na faixa de R$ 4,38 faz advogada e estudante reduzirem os parques que vão visitar na Disney no mês que vem”. Na capa do Estadão.

“Auditor é escolhido para chefiar a Receita. Auditor fiscal conhecido pelo bom trânsito com a classe política assume a chefia do órgão. Ele vai substituir Marcos Cintra”. Na capa do Estadão.

“Aloysio aparece como coordenador de propina do PSDB em delação. Ex-senador é citado na Lava Jato em papel central de esquema; tucano nega”. Na Folha.

Governo Bolsonaro revê acordo sobre free shops e abre crise no Mercosul. Países vizinhos se queixam de medida que ampliou produtos vendidos em lojas francas”. Na Folha.

“Sancionada lei para facilitar os negócios no país. Presidente altera quatro pontos, mas mantém princípios básicos da nova lei, que promete melhorar o ambiente de negócios. Regras entram em vigor imediatamente”. Na capa do O Globo.

“Governo Bolsonaro: Crise com ação da PF pode provocar derrubada de vetos à lei de abuso de autoridade. Parlamentares demonstram irritação após senador ser alvo de operação”. Na Folha.

Campanha de 2018: Audiência do processo em que Edir Macedo acusa Haddad por difamação e injúria é suspensa. A defesa do petista argumentou que a juíza do caso se negou a ouvir testemunhas. Na Folha.

“PF indicia 13 pessoas pela tragédia de Brumadinho. Relatório sobre Brumadinho aponta crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos, mas não atinge executivos”. Na capa do O Globo.

“Governo vai comprar sistema antidrones para Alvorada e Jaburu. GSI lança edital para compra de três sistemas, avaliados em R$ 739,5 mil cada, contra ameaças e bisbilhoteiros”. Na capa do O Globo.

“Prefeitura quer liberar prédios em São Conrado. Prefeitura quer mais prédios em São Conrado”. Na capa do O Globo.

“Combustíveis: Postos de gasolina subiram preço antes de anúncio da Petrobras. Levantamento de consultoria comparou preços na terça (17) com os da sexta (13)”. Na Folha.

“Canal do Sertão: Odebrecht demite 130 funcionários de obra em Alagoas. Empreiteira afirma que não tem recebido recursos de ministério desde março”. Na Folha.

“Judoca Rafaela Silva é flagrada no antidoping. Atleta, ouro nos Jogos Olímpicos do Rio e no Pan de Lima, atribui a presença de substância proibida ao contato com um bebê”. Na capa do Estadão.

“Acidente com van escolar deixa 10 crianças feridas. Dois veículos de transporte escolar e um carro se envolveram em colisão. Motorista de van que estaria em situação irregular disse ter pedido o freio, e menino atropelado na calçada foi hospitalizado em estado grave”. Na capa do O Globo.

“Santos Dumont. Aeroporto reabre pista após reforma”. Na capa do O Globo.

“Oi entra na mira de gigantes chinesas para expandir 5G. Incentivada pela Huawei, China Mobile se aproxima da tele em crise, num movimento que antecipa efeitos da guerra comercial”. Na capa do O Globo.

“’Era uma pessoa queridíssima’. Candidato a embaixador nos EUA, Eduardo Bolsonaro pôs o busto do Barão do Rio Branco em destaque no plenário da Comissão de Relações Exteriores da Câmara. O deputado disse que tem assistido a vídeos no YouTube e lido livros sobre o Brasil.” Na capa do Estadão.

“Bolsonaro diz que jantará com Trump na viagem aos EUA. Presidente cancela várias reuniões com líderes estrangeiros por razões médicas”. Na Folha.

“EUA ampliam tropas na Arábia Saudita. Após ataques contra campos de petróleo da semana passada, Donald Trump aperta o cerco contra o sistema financeiro iraniano e autoriza o envio de tropas e mísseis para ajudar na defesa dos aliados Arábia Saudita e Emirados Árabes”. Na capa do Estadão.

“Venezuela: Novas fotos mostram Guaidó ao lado de supostos traficantes. Itamaraty pede inclusão de nomes de Guaidó na delegação brasileira na ONU”. Na Folha.

? Colunas e artigos:

“Paulo Guedes está sob ataque. A novidade é que a pressão parte do Planalto, em repetição do velho ‘fogo amigo’”. Na coluna de Adriana Fernandes, no Estadão.

“Os cientistas coletaram, um mês após o parto, as fezes de 596 recém-nascidos, sendo 314 provenientes de partos normais e 282, de cesáreas. Além disso mais de cem pares de mães e filhos, nascidos das duas maneiras, foram analisados. Os cientistas acreditam que, no parto normal, o bebê recebe, durante o trabalho de parto, muitas bactérias da mãe que imediatamente colonizam o intestino e bloqueiam a instalação dos microrganismos presentes no hospital. Já no caso das cesáreas, o intestino do bebê entra em contato primeiro com bactérias presentes no ar e no ambiente hospitalar. E são esses microrganismos que se instalam no intestino. Isso confirma que a flora intestinal do recém-nascido é determinada pelo tipo de parto e pela flora da mãe.” Na coluna de Fernando Reinach, no Estadão.

“Um Banco Central mais atuante, como o Europeu. Em três artigos anteriores (4/7, 17/7 e 15/8) defendi uma atuação bem maior do Banco Central (BC) diante da depressão econômica e social que assola o País desde o final de 2014. Este ano ela completará cinco (!) anos de duração e ainda sem saída à vista. Como caminho para alcançá-la, o ministro Paulo Guedes aposta nas reformas que vem propondo, mas estas têm formulação, aprovação e resultados muito demorados, e com várias incertezas.”. Artigo do economista Roberto Macedo, no Estadão.

“A influência dos evangélicos. O Estado e outros jornais deram com destaque a notícia de que os evangélicos ganham influência nos rumos da gestão Bolsonaro, ou seja, eles passam a ser aliados e parceiros do homem eleito para dirigir o País. Isso traz alguma preocupação, porque à medida que esse tipo de influência se amplia, tendem a declinar tanto a liberdade do governante eleito como sua autoridade moral.” Artigo de Aloísio de Toledo César, desembargador aposentado do TJSP, no Estadão.

“Se o governo decidir tirar Fernando Bezerra da liderança no Senado, a reação de grande parte da Casa não deverá ser boa. Reforma da Previdência e aprovação de Augusto Aras para a PGR estão, mal ou mal, blindadas. Mas a indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador em Washington, não.” Na Coluna do Estadão, no Estadão.

“Lugar óbvio para cortar. Campanha eleitoral é o lugar em que podemos cortar custos sem dor de consciência.” Na coluna de Hélio Schwartsman, na Folha.

“Cavalo de pau indesejado. Durou pouco a ideia do governo de congelar o salário mínimo.” Na coluna de Julianna Sofia, na Folha.

“Malandragem, dá um tempo. Trabalhando pela permanência no cargo que jamais ocupou, Marcelo Crivella tenta justificar as cartadas eleitoreiras”. Na coluna de Alvaro Costa e Silva, na Folha.

“Transparência e proteção de dados. Mais transparência com dados oficiais deveria ser a diretriz de qualquer governo democrático”. Artigo semanal de Fernando Haddad, na Folha.

“O projeto na Câmara que prevê transformar clubes de futebol em empresas é positivo? SIM. Modelo preserva a migração de uma realidade para outra”. Artigo de Marcos André Vinhas Catão, na Folha.

“O projeto na Câmara que prevê transformar clubes de futebol em empresas é positivo? NÃO. Defende o continuísmo sob o manto da modernidade”. Artigo de Rodrigo R. Monteiro de Castro, na Folha.

“Ao priorizar questão climática, nova cúpula da UE aumenta pressão sobre o Brasil”. Na coluna Painel, da Folha.

Lula livre. Não por ele ou pelo PT, mas em defesa de um precioso bem público: o Estado de Direito”. Na coluna de Demétrio Magnoli, na Folha.

“Advogados de Lula querem divulgar áudios para provar que foram interceptados por Moro. Ele enviaram uma carta ao professor Matthew Stephenson, da Faculdade de Direito de Harvard”. Na coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

“Guardiões da floresta, índios estão sozinhos. Na ausência do setor público, indígenas se organizam para defender a floresta amazônica de grileiros e madeireiros”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

“Voto de centro vai decidir a eleição. Bolsonaro trabalha com maiorias ocasionais enquanto tenta formar uma base de aliados fiéis”. Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

? Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a sexta-feira, 20, em alta de 0,46%, a 104.817 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,80%, a R$4,15. O euro fechou em baixa de -0,33%, a R$4,58.

Destaque histórico:

“Em 21 de setembro de 1949 é proclamada a República Popular da China. Começa a chamada Era de Mao. Chu En Lai é nomeado presidente do Conselho de ministros”. No portal Terra.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments