Dinheiro chinês, DPVAT-STF e salários de mulheres se destacam na mídia

Dinheiro chinês, DPVAT-STF e salários de mulheres. Estes são os destaques da grande mídia, neste domingo, 12 de janeiro de 2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

https://anexo6.com/dinheiro-chines/

📃 Destaques do dia:

“Brasil volta à rota de investimento dos chineses. Expectativa é de que, após dois anos mais fracos, eles injetem cerca de US$ 7 bilhões em 2020 no País”. Manchete de capa do Estadão.

“Auditoria mira elo do DPVAT com pessoas próximas ao STF. Líder, responsável pelo seguro obrigatório, tem procedimentos questionados em controle interno. Manchete de capa da Folha.

“Mulheres são 70% entre os graduados que ganham o mínimo. Quase dois milhões das que chegaram à faculdade têm salário de até R$ 998”. Manchete de capa do O Globo.

“Instabilidade, a nova ordem mundial. Guerra aberta entre EUA e Irã é improvável, mas fim de limites aumenta o risco de escalada”. Destaque de capa do O Globo.

“O verão do cão. Depois de lei que liberou, em setembro do ano passado, cães na praia, areias foram tomadas por polêmica animal”. Destaque de capa do O Globo.

“Nenhum policial pede indulto criado por Bolsonaro. Indulto de Bolsonaro a policiais presos por crimes culposos tem pouco efeito prático”. Destaque de capa do O Globo.

“Sangue novo anima Bolsa. Com queda dos juros, número de pessoas físicas com dinheiro aplicado em ações bate recorde. Muitos são os primeiros da família a investir em renda variável e recorrem a cursos e vídeos on-line. Analistas alertam que é preciso ficar atento a riscos”. Destaque de capa do O Globo.

“Com avanço no interior, Brasil tem recorde de salas de cinema. Apesar da crise, circuito se espalha pelo interior do Brasil, supera marca histórica do tempo das chanchadas e chega a 3.505 salas de exibição”. Destaque de capa do O Globo.

“Mau exemplo. Só 1% do plástico produzido no país é reciclado”. Destaque de capa do O Globo.

“Entrevista. Carlos Ghosn. ‘Se você quer fugir, tem de ser rápido e surpreendente’. Em entrevista ao ‘Estado’, executivo conta que toda a operação foi feita em dezembro, sem chamar a atenção dos japoneses”. Destaque de capa do Estadão.

“Nasdaq adota tecnologia criada por brasileiros. Gestora Hashdex monta cesta de moedas virtuais para reduzir risco de volatilidade; tecnologia é negociada pela Bolsa americana Nasdaq”. Destaque de capa do Estadão.

“Área jurídica do Planalto acumula ‘barbeiragens’. Executivo. Subchefia de Assuntos Jurídicos acumula derrotas para o presidente Jair Bolsonaro e obriga Planalto a recuar de anúncios; ‘divergências são naturais’, diz o órgão”. Destaque de capa do Estadão.

“A emersão de Paraitinga. Destruída há dez anos por uma enchente, cidade buscou em festas populares que a caracterizam, como o carnaval, força para se reerguer, apontam pesquisadores.”. Destaque de capa do Estadão.

“Em Las Vegas, aparelhos que ‘pensam’. Nas bordas. Durante o tradicional evento de tecnologia CES, gigantes anunciaram equipamentos com inteligência artificial, como máquinas de lavar que controlam sabão e geladeiras que sugerem receitas; tendência pode deixar casa mais inteligente”. Destaque de capa do Estadão.

“Irã admite ter abatido avião; manifestantes protestam. Militares iranianos explicaram que aeronave sobrevoou área militar e míssil de curto alcance foi disparado, explodindo perto do voo; autoridades de Teerã prometem responsabilizar culpados e se desculpam com a Ucrânia e com os parentes das vítimas”. Destaque de capa do Estadão.

“A vida dos iranianos nos EUA. Milhares de imigrantes ou descendentes que moram nos Estados Unidos relatam cotidiano de medo e preconceito.”. Destaque de capa do Estadão.

“Pedro S. Malan: Papel de lideranças políticas responsáveis é contribuir para reduzir – e não aumentar – incerteza sobre o futuro.”. Destaque de capa do Estadão.

“Eliane Catanhêde: Na crise de atendimento do INSS, faltou ação contra velhos erros e planejamento para enfrentar as novas condições.”. Destaque de capa do Estadão.

“Turismo da bola. Crescem as visitas guiadas aos estádios de Corinthians, Palmeiras e São Paulo. No Pacaembu, o visitante tem um atrativo extra: o Museu do Futebol.”. Destaque de capa do Estadão.

“Após negar, Irã admite que abateu avião por engano”. Destaque de capa da Folha.

“Igor Gielow: Turbulência marca o Oriente Médio”. Destaque de capa da Folha.

“PCC avança na venda de imóveis e cobrança de taxas”. Destaque de capa da Folha.

“Após romper com aliado, Bolsona muda núcleo duro”. Destaque de capa da Folha.

“Para Abílio Diniz, Brasil está barato e atrairá investidor externo”. Destaque de capa da Folha.

“Implementação do 5G só começará em 2022, diz Marcos Pontes”. Destaque de capa da Folha.

📃 Editoriais do dia:

“O policial ciclotímico. Política errática de Trump para o Irã é garantia de continuidade da crise”. Editorial da Folha.

“Abstinência religiosa. Programa para incentivar adiamento da vida sexual não combina com Estado laico”. Editorial da Folha.

“sdfasdfasdfsadf”. Editorial do Valor Econômico.

“Cenário de conflito expõe fragilidades econômicas do país. Vulnerabilidade requer preparação de um plano de contingência para enfrentar a crise no Oriente Médio”. Editorial do O Globo.

“Abertura do mercado de compras governamentais é passo liberalizante. Permitir fornecedores de fora em licitações do setor público significa aperfeiçoar a empresa brasileira”. Editorial do O Globo.

“A imprudência de Bolsonaro. Seria verdadeira provocação aos brasileiros presidente ignorar enorme quantidade de desempregados e subempregados e estimular pressões salariais de servidores.” Editorial do Estadão.

“Cenários para o mercado global. Uma década após a grande crise do sistema financeiro, o crescimento mundial está no seu ritmo mais lento.” Editorial do Estadão.

“Privatizações em São Paulo. O leilão promovido pelo Estado de São Paulo para a concessão do lote rodoviário Piracicaba-Panorama, que rendeu R$ 1,1 bilhão aos cofres paulistas, pode ser considerado um sinal verde não só ao ambicioso plano de desestatização do governo, mas também, por extensão, a todos os demais programas similares em andamento no País.”. Editorial do Estadão.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não opera nos finais de semana.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu