Câmara dos Deputados debate o papel da imprensa no combate à violência contra a mulher

A Comissão externa de combate à violência contra a mulher e feminicídio realiza nesta terça-feira (1) audiência pública para discutir como a imprensa tem acompanhado os casos e qual o seu papel neste enfrentamento. Participam jornalistas da TV Record, portal Metrópoles, jornal Correio Braziliense e da agência de notícias Patrícia Galvão.

Coordenadora da comissão e autora do requerimento, a deputada federal Flávia Arruda (PL/DF) afirma que “a atuação da imprensa é fundamental”. De acordo com a parlamentar, muitos veículos têm produzido matérias especiais, dedicado espaço exclusivo para o tema, mas é preciso ampliar esse debate junto com especialistas, poder público e a comunidade.

“Informação é fundamental para que todos reconheçam essas situações de violência, saibam como denunciar agressores e também criem uma rede de apoio para as vítimas”, destaca Flávia Arruda.

A audiência pública acontece às 14h30 no plenário 8 do anexo II da Câmara dos Deputados. Estudantes podem solicitar certificado de participação com horas complementares.

Presenças confirmadas
– a diretora do portal de notícias Metrópoles, Lilian Tahan;
– a coordenadora de reportagem da editoria de Cidades do Correio Braziliense, Adriana Bernardes;
– a repórter do Jornal da Record, Renata Varandas;
– a jornalista da Agência Patrícia Galvão, Luciana Araújo;

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu