Covid entre jovens; Boulos infectado; e milícias digitais

*Covid cresce entre jovens de 20 a 29 anos no Rio. Hacker tira do ar o maior tribunal de 2ª instância do País. Boulos contrai Covid, e debate final em São Paulo é cancelado. Guerra às milícias digitais na véspera das eleições.* Esses são destaques dos grandes jornais, neste sábado, 28 de novembro de 2020. Veja na *sinopse do noticiário*.

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano III, Nº 749, de 28.11.2020

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“Covid cresce entre jovens de 20 a 29 anos no Rio. Hospital de campanha do Riocentro, único da cidade, está lotado’” *Manchete de capa do O Globo*.

“Hacker tira do ar o maior tribunal de 2ª instância do País. Ataque ao sistema do TRF-1 é um dos mais de 20 mil registrados pelo GSI no ano” *Manchete de capa do Estadão*.

“Boulos contrai Covid, e debate final em São Paulo é cancelado. Globo nega pedido das campanhas para embate virtual; em isolamento, psolista está sem sintomas” *Manchete de capa da Folha*.

“Guerra às milícias digitais na véspera das eleições. A poucas horas do segundo turno das eleições municipais, o Poder Judiciário se vê obrigado a conter a ação de criminosos virtuais que promovem atos antidemocráticos e tentam colocar em xeque a credibilidade das instituições republicanas.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

°”Preservar empresas. Nova lei de falências acerta ao fortalecer recuperação, sem proteger acionistas.” 

°”Estorvo escolar. Volta de aulas presenciais é desejável, mas MEC não ajuda com postura inflexível.”

_*O GLOBO*_

°”Governo quer anistia prévia para gastança. Pedido da AGU para TCU liberar recursos a obras eleitoreiras é afronta diante do descalabro fiscal.” 

°”Conter o esvaziamento do Centro é tarefa inadiável para futuro prefeito. Pandemia agravou fechamento de imóveis e deu à região o aspecto de uma cidade fantasma.” 

_*ESTADÃO*_

°”A reeleição dos prefeitos. Os números dos últimos seis pleitos municipais mostram que a eleição está longe de ser um fenômeno automáticos.”

°”A confiança da sociedade. O SUS e as escolas públicas são mais confiáveis hoje do que eram antes da pandemia.” 

°”Radiografia da calamidade. Tesouro lembra que o país está em situação frágil, inclusive para realizar políticas sociais.” 

°”A recuperação da indústria da construção. Mesmo tendo mais do que dobra o número de unidades novas, setor ainda opera em níveis inferiores aos de 2019″ 

_*CORREIO BRAZILIENSE*_

°“Recorde de desemprego. A crise que chegou com a pandemia não para de provocar estragos no mercado de trabalho.” 

📈 *Bolsa de Valores*

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a sexta-feira, 27, em alta de 0,32%, a 110.575 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,09%, a R$ 5,33.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments