Coronavírus no Brasil, reação do mercado e queda no INSS se destacam

Coronavírus no Brasil, reação do mercado e queda no INSS. Esses são os destaques da grande mídia, nesta quarta-feira, 29 de janeiro de 2020, na sinopse diária do Anexo 6.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Destaques do dia:

“Brasil tem três casos suspeitos de coronavírus e eleva alerta. Governo vê risco iminente de doença chegar ao país e desaconselha viajar à China.” Manchete de capa da Folha.

“Brasil tem 3 casos suspeitos; empresas cancelam viagens. Governo elevou alerta para ‘perigo iminente’, após surgirem registros de possíveis infecções em MG, RS e PR.” Manchete de capa do Estadão.

“Mercado reage e empresas mantêm ofertas de ações. Risco econômico do coronavírus e volatilidade não alteraram cronogramas de empresas.” Manchete de capa do Valor Econômico.

“Crise no atendimento derruba presidente do INSS. Saída é resposta do governo à demora na concessão de benefícios.” Manchete de capa do O Globo.

“Coronavírus: alerta do país sobe com três casos suspeitos. ‘Perigo iminente’ é anunciado após internação em Minas, e dois doentes são investigados no Sul.” Destaque de capa do O Globo.

“Aposta do carnaval, batidão une artistas como Ludmilla e Ivete Sangalo. NA ERA DO STREAMING, o apelo do batidão entre o público do carnaval leva a indústria a investir em lançamentos do gênero voltados diretamente para os quatro dias de festa, como nos tempos das marchinhas.” Destaque de capa do O Globo.

“Compra de Gabigol é recorde no Brasil. Após o ‘Fico’, Gabigol enfrenta velho desafio.” Destaque de capa do O Globo.

“Justiça libera resultado do Sisu e matrículas começam hoje. Defensoria Pública da União, autora da ação judicial, também considerou que governo comprovou ter corrigido notas.” Destaque de capa do O Globo.

“Turismo está em alta na cidade. Cidade tem número maior de turistas este mês, e espera 2 milhões no carnaval.” Destaque de capa do O Globo.

“Campanha do país no exterior prevê Sharon Stone, reality show e Mickey. Campanha da Embratur prevê de ‘reality’ a filme com Sharon Stone e HQ do Mickey.” Destaque de capa do O Globo.

“Trump propõe plano de paz que desagrada a palestinos. Palestinos rejeitam versão de Trump para seu Estado, vista como pró-Israel.” Destaque de capa do O Globo.

“Bolsonaro demite número 2 da Casa Civil por uso de avião da FAB. Vicente Santini pegou voo oficial para encontrar comitiva do presidente na Índia. Pasta chegou a dizer que havia autorização.” Destaque de capa do O Globo.

“Bala perdida atinge pai e filho de 5 anos, que fica em estado grave. Os dois jogavam bola quando tiro atingiu a cabeça do menino de 5 anos; família enfrentou via-crúcis por atendimento.” Destaque de capa do O Globo.

“Bolsonaro vê ‘coisa esquisita’ em contrato do BNDES. O ‘Estado’ apurou que a permanência do executivo na presidência do banco depende de suas explicações sobre o contrato de R$ 48 milhões pagos à empresa de auditoria americana para apurar possíveis irregularidades em operações realizadas entre 2005 e 2018.” Destaque de capa do Estadão.

“Governo muda presidente do INSS e fala em zerar fila. Em meio a crise, que tem 1,3 milhão de pedidos de benefícios parados, Vieira deixa o cargo; força-tarefa terá servidores civis para reduzir fila.” Destaque de capa do Estadão.

“MEC divulga resultado do Sisu após aval da Justiça. ” Destaque de capa do Estadão.

“Palestinos dizem não a plano de paz de Trump. Oriente Médio. Sem a presença de líderes palestinos, presidente americano propõe acordo que dá a Israel a cidade de Jerusalém e os assentamentos na Cisjordânia, oferecendo em troca um Estado palestino ‘com soberania limitada’ e US$ 50 bilhões em investimentos.” Destaque de capa do Estadão.

“Cai auxiliar de Onyx que foi à Índia em voo da FAB. Vicente Santini foi a Davos e Nova Délhi; 13 ministros usaram jatos para viagens ao exterior desde o ano passado.” Destaque de capa do Estadão.

“Polo GTS. Hatch tem motor 1.4 turbo de 150 cv. Com motor de 150 cv, nova versão resgata sigla esportiva da VW no País e se destaca pela dirigibilidade. ” Destaque de capa do Estadão.

“Crise das filas de espera leva à queda de chefe do INSS. ” Destaque de capa da Folha.

“Bolsonaro critica auditoria na ‘caixa-preta’ do BNDES.” Destaque de capa da Folha.

“Presidente afasta secretário que usou jato da FAB.” Destaque de capa da Folha.

“Dívida pública federal sobe 9,5% e vai a R$ 4 trilhões.” Destaque de capa da Folha.

“EUA revelam plano de paz que favorece Israel. ” Destaque de capa da Folha.

“Investigação é chance de provar lisura da gestão, afirma Wajngarten.” Destaque de capa da Folha.

“Após pedido do governo, STJ libera divulgação de resultados do Sisu.” Destaque de capa da Folha.

“Omissões sobre filho de Lula põem delação em xeque.” Destaque de capa da Folha.

“Investimentos das estatais caíram 31,3%. Com retração de Petrobras e Eletrobras, empresas públicas usam apenas 45,7% do orçamento disponível. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Reino Unido contraria EUA e aceita Huawei. Premiê do Reino Unido, Boris Johnson, decidiu que ”fornecedores de alto risco” poderão vender equipamentos para as partes não sensíveis da rede 5G.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Sob nova direção. Aos 44 anos, Maurício Russomanno construiu carreira sólida em multinacionais como GE e Basf, ocupando posições no Brasile no exterior.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Trajano critica exacerbação do debate no país. Com vendas anuais acima de R$ 20 bilhões, MagazineLuiza é a segunda maior varejista de eletrônicos do país. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Quilo de 800 gramas gera disputa sobre marketing. Linguagem da ação no varejo e na mídia incomodou rivais diretos, como P&G;, dona do Ariel,e a Química Amparo, fabricante do Ypê.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Exportador de frango vai à Justiça após calote de Cuba. Com aval da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, Banco do Brasil recusou-se a pagar € 18 milhões a exportadores, alegando que o governo cubano está inadimplente.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Economista teme política neoliberal. Branko Milanovic considera que a educação e as transferências de renda pelo Estado continuam sendo fundamentais para o Brasil. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“A estagnação brasileira. País mostra que não superou modelo falido de 1982.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Crescimento sem urbanização ajuda a explicar crise hídrica no RJ. Para economista da UFRJ, área periférica do Grande Rio é em pior situação entre as regiões metropolitanas do país.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Garantia a Estados e municípios pode custar R$ 11,5 bi. Maior preocupação do Tesouro é com federalização da Cedae, do Rio. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

📃 Editoriais do dia:

“Sem pânico. Surto de coronavírus na China não é motivo de terror, mas para prontidão das autoridades.” Editorial da Folha.

“No vermelho. Embora financiável, piora nas contas externas lembra problemas a serem enfrentados.” Editorial da Folha.

“Não é possível o Enem continuar a ser fonte de crises. O peso do exame para milhões de pessoas, estudantes e famílias, exige mais cuidado dos governos.” Editorial do O Globo.

“Derrota de Salvini na Itália dá alento à resistência ao extremismo. Candidata da Liga Norte perde eleição e dificulta projeto de poder do líder populista e xenófobo.” Editorial do O Globo.

“Os sinais das contas externas. O resultado do balanço de pagamentos indica que as dificuldades enfrentadas pela balança comercial devem continuar a pressionar as contas externas do País..” Editorial do Estadão.

” Ruas em estado lastimável. São Paulo não está condenada a esperar 20 anos para ter vias em estado decente.” Editorial do Estadão.

“As consequências da crise do Enem. Problemas comprometem planejamento das universidades e são pesadelo para estudantes..”. Editorial do Estadão.

“O inexplorado potencial de negócios das favelas. Moradores das favelas brasileiras somam massa de rendimentos de quase R$ 120 bilhões por ano.” Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira, 28, em alta de 1,74%, a 116.479 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,36%, a R$ 4,19.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu