Eleições 2018: vão começar as convenções partidárias; calendário eleitoral afunila

Eleições 2018: vão começar as convenções partidárias; calendário eleitoral afunila

Sérgio Botêlho

Esta é a semana em que terão início as convenções partidárias para escolha de candidatos às eleições 2018. Cada partido, nos estados e no país, se reunirá para definir os nomes dos postulantes aos diversos cargos em disputa.

O processo começa a partir da próxima sexta-feira, 20 seguindo até o dia 05 de agosto. Serão escolhidos os candidatos a Presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais.

A maioria dos partidos, em função de debates internos e muita polêmica, deixaram suas convenções para serem realizadas já no final do prazo, entre os dias 04 e 05 de agosto, quando esperam ter resolvido as questões internas.

Apenas o PDT sul-mato-grossense, por exemplo, realiza sua convenção já nos primeiros dias do prazo, no caso, o próximo sábado, dia 21. MDB e PSDB vão mesmo realizar as convenções um dia antes do prazo limite.

As principais questões ainda em debate dizem respeito aos acordos partidários que visam fortalecer as candidaturas majoritárias. Os partidos estão indecisos, nesse ponto, e, portanto, a ordem é adiar o máximo as convenções.

Os acordos partidários são importantes para a construção de palanques regionais e municipais, o que permite, a princípio, mais desenvoltura dos candidatos a presidente e governador, no país e nos estados.

Por outro lado, os acordos partidários são fundamentais para a soma de tempos visando o horário eleitoral gratuito, visto como, ao lado das redes sociais, como vital para o sucesso ou o insucesso das postulações.

Após a realização das convenções e o registro das candidaturas na Justiça Eleitoral, começará a propaganda eleitoral no rádio, na TV e nos palanques, o que está previsto para acontecer a partir de 16 de agosto. A eleição, em seu primeiro turno, acontece em 07 de outubro.

Deixe uma resposta

Fechar Menu