Comissão de Orçamento tenta eleger presidente

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) se reúne nesta terça-feira (9), em uma nova tentativa de eleger o presidente do colegiado. A eleição tem sido cancelada repetidamente em virtude de o PMDB e o PSDB do Senado não terem indicado seus representantes na comissão.

Pelas regras de rodízio entre as duas Casas do Congresso, a presidência da CMO cabe a senador do PMDB, que tem direito a seis vagas (três titulares e três suplentes). Os tucanos possuem duas (um titular e um suplente). A comissão é composta por 42 titulares (31 deputados e 11 senadores) e igual número de suplentes.

Inicialmente, as lideranças das duas legendas haviam apresentado os nomes para as vagas, mas eles foram posteriormente retirados. Os demais membros do colegiado já foram indicados.

Na semana passada, o líder do governo no Congresso Nacional, deputado Andre Moura (PSC-SE), pediu o prazo de uma semana para tentar resolver o impasse que vem impedindo a eleição do presidente da CMO e as reuniões do colegiado.

Os parlamentares evitam discutir os motivos do impasse, porém cobram a imediata eleição do presidente da Comissão de Orçamento e o início dos trabalhos deste ano.

A reunião será realizada no plenário 2 da Câmara dos Deputados, às 14h30.

Com informações da Agência Câmara

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments