Combate ao coronavírus, indústria e vírus, e proteção a investidor

Combate ao coronavírus, indústria e vírus, e proteção a investidor. Estes são os destaques da grande mídia, nesta sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020, na sinopse diária do Anexo 6.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Destaques do dia:

“Se repetir a China, é administrável, diz ministro da Saúde. Para Luiz Henrique Mandetta, pânico é natural; critério faz casos de suspeita de coronavírus sltarem de 20 para 132.” Manchete de capa da Folha.

“Ministério da Saúde antecipa vacinação contra a gripe. Número de casos suspeitos no país passa de 20 para 300, com apenas uma confirmação.” Manchete de capa do O Globo.

“Coronavírus afeta indústria; governo deve revisar PIB. Sem peças, empresas brasileiras dão férias coletivas; Ministério da Economia pode cortar projeção de crescimento.” Manchete de capa do Estadão.

“Investidor busca proteção, mas ainda opta pelo risco. Gestores vendem, por exemplo, papéis de empresas aéreas, que vêm perdendo muito valor, e compram ações de bancos, que são boas oportunidades de ganho no momento, segundo especialistas. ” Manchete de capa do Valor Econômico.

“Séries nacionais, como ‘Desalma’, são exibidas em Berlim. Série ambientada numa cidade fictícia do sul do Brasil estreia em abril.” Destaque de capa do O Globo.

“‘Cahiers du Cinéma’: Jornalistas da lendária publicação, que já teve Truffaut e Godard entre seus críticos, alegam perda de independência após troca de acionistas.” Destaque de capa do O Globo.

“Tensão política leva equipe econômica a segurar reformas. Equipe de Guedes decide segurar projetos por causa da tensão política.” Destaque de capa do O Globo.

“Empresas globalizadas mudam rotina por causa do coronavírus. Companhias cancelam ou restringem viagens, dão prioridade a reuniões por teleconferência e adotam ‘home office’.” Destaque de capa do O Globo.

“Merval Pereira: Negociação é a saída para a crise política. Além de o presidente Bolsonaro levar para onde vai uma crise institucional a tiracolo, há uma disputa de poder real entre o Executivo e o Legislativo na distribuição de verbas do Orçamento que merece uma atenção especial..” Destaque de capa do O Globo.

“Risco é maior com crises misturadas. As crises se misturaram formando um cenário mais difícil..” Destaque de capa do O Globo.

“Congresso quer votar logo vetos ao Orçamento. Congresso quer votar já vetos ao Orçamento; governo tenta adiar.” Destaque de capa do O Globo.

“ONU: direitos humanos no Brasil preocupam. Alta comissária da ONU cita retrocessos na proteção do meio ambiente e de indígenas. Anistia Internacional critica medidas de Bolsonaro.” Destaque de capa do O Globo.

“PM pede anistia para encerrar motim no Ceará. Secretaria de Segurança do estado informou que não vai mais divulgar dados de criminalidade por ‘acúmulo de trabalho’.” Destaque de capa do O Globo.

“Exame mostra que Bruno Covas ainda não teve câncer curado. Prefeito de São Paulo será submetido à segunda fase do tratamento, a imunoterapia. Pré-candidato à reeleição neste ano, ele afirma que a quimioterapia já conseguiu ‘abater dois dos três focos de câncer’.” Destaque de capa do O Globo.

“Comando democrata propenso a barrar candidatura de Sanders. Pesquisa do NYT com 93 superdelegados indica oposição esmagadora ao senador se ele não tiver maioria absoluta na convenção.” Destaque de capa do O Globo.

“Emoções extremas na dupla jornada. Seis grandes nomes do carnaval se desdobraram para assinar mais de um desfile.” Destaque de capa do O Globo.

“Encalhe de navio com minério pode custar mais de R$ 1 bi. Embarcação foi encalhada no Maranhão com 295 mil toneladas de minério.” Destaque de capa do O Globo.

“Morre Valdir Espinosa, treinador, aos 72 anos. O técnico que venceu o Mundial no Grêmio e livrou o Botafogo do pesadelo de 21 anos.” Destaque de capa do O Globo.

“Marcha opõe apoiadores de Bolsonaro aos da Lava Jato.” Destaque de capa do Estadão.

“Presidente ataca jornalista do ‘Estado’. Bolsonaro diz que Vera Magalhães ‘mentiu’ ao noticiar que ele divulgou vídeo convocando seguidores para ato contra o Congresso. ” Destaque de capa do Estadão.

“Narcotráfico se infiltra no Exército da Venezuela. Relatório do escritório que monitora crime organizado aponta que grandes quantidades de drogas foram enviadas para EUA e Europa, com o consentimentos do alto comando das Forças Armadas, por meio de portos venezuelanos ou em voos ilegais.” Destaque de capa do Estadão.

“Clubes vetam venda de mando de campo. Regulamento veta possibilidade de time levar jogo para outro Estado; fair-play financeiro fica fora das regras.” Destaque de capa do Estadão.

“Câncer de Covas terá novo tratamento. Pré-candidato à reeleição, prefeito de SP entra na 2ª fase do tratamento, que o permite participar de eventos públicos. ” Destaque de capa do Estadão.

“Amazon lança nos EUA mercado sem caixas. Inaugurada em Seattle, Amazon Go Grocery não tem caixas; compra é feita com ajuda de app.” Destaque de capa do Estadão.

“Juiz nega a viúva direito sobre herança de Gugu.” Destaque de capa do Estadão.

“Bolsas dos EUA batem recordes negativos. ” Destaque de capa da Folha.

“Lagarde indica que BCE não reagirá a surto. Presidente do Banco Central Europeu minimizou chances de ações imediatas por causa da disseminação do coronavírus. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Trump corre risco de perder duas vezes. Embora o coronavírus não tenha se disseminado no país, empresas não conseguem componentes, hotéis e resorts registram menos turistas, e varejistas temem que estoques sejam insuficientes.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Em São Paulo, um ‘mini Mato Grosso’. Na safra 2019/20, a área de soja deverá somar 100 mil hectares em Capão Bonito, ou cerca de 60% do território do município.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Japoneses levam a Santher por R$ 2,3 bilhões. Valor oferecido pela Daio Paper e pela trading Marubeni não inclui o endividamento da companhia brasileira, que no fim de setembro era de R$ 600 milhões. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“A era do declínio da verdade. Humanidade começa a se dar conta de um tempo que muitos vêm chamando de “a era da desinformação”.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Receita extra melhora situação de Estados. Índice de endividamento caiu em 20 dos 26 entes federativos, mas aumentou no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.” Destaque de capa do Valor Econômico.

? Editoriais do dia:

“Contágio econômico. Coronavírus eleva pessimismo global; no Brasil, tensão política é risco extra.” Editorial da Folha.

“Violência indiana. Conflitos por discriminação oficial a muçulmanos expõem país em rumo perigoso.” Editorial da Folha.

“Presidente ajuda a piorar expectativas do mercado. Não bastasse o coronavírus, Planalto deteriora as projeções para a economia brasileira.” Editorial do O Globo.

“Anistias são combustível para greves ilegais de policiais militares. Agentes amotinados no Ceará fazem exigências para voltar às ruas, uma delas o perdão.” Editorial do O Globo.

” A quem interessa a crise? Desde a campanha de 2018, bolsonaristas e petistas lutam para sequestrar o debate político e mantê-lo refém do radicalismo, de onde esperam extrair dividendos. É sintomático que bolsonaristas e petistas, quase ao mesmo tempo, estejam conclamando o “povo” a sair às ruas..” Editorial do Estadão.

“Maus modos. Quando jornalistas são agredidos todos os dias por quem está no poder, o alvo é a própria liberdade..” Editorial do Estadão.

“O alvo é a liberdade. Nenhum governante ou político é obrigado a gostar de jornalistas ou da imprensa. No entanto, quando jornalistas são sistematicamente vilipendiados pelo presidente da República e por parlamentares que lhe são fiéis, como tem acontecido com frequência preocupante, já não se pode falar em simples antipatia; o que se tem é uma violência que excede, e muito, os limites estabelecidos para a convivência democrática.”. Editorial do Estadão.

Depreciação do real não deve ter grande fôlego. Com a queda dos juros domésticos, o custo da defesa do real via swaps também caiu, o que amplia a capacidade de resistência à instabilidade”. Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 27, em mais um dia de forte queda (-2,59%). O dólar terminou o dia em alta de 0,77, ao preço recorde de R$4,48..

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments