Centrão se divide; MDB e DEM rompem com o bloco

Centrão se divide; MDB e DEM rompem com o bloco. Esses são destaques da grande mídia impressa, nesta terça-feira, 28 de julho de 2020. Veja na *sinopse do noticiário*.

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano III, Nº 627, de 28.07.2020

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

 https://anexo6.com/covid-cresce-em-11-estados/

📃 *Manchetes do dia*:

“Revés na articulação. MDE e DEM se afastam do centrão e enfraquecem base. Ação tem como pano de fundo a disputa pela presidência da Casa.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Drible no teto de gasto ganha apoio até da equipe econômica. Pressão por mais despesas cresce após aval do governo a manobras contra a regra.” *Manchete de capa do Estadão*.

“Maia dá aval a formação de bloco para enfrentar Centrão. DEM e MDB lideram movimento, de olho na sucessão da presidência da Câmara.” *Manchete de capa da Folha*.

“Bilionários ficaram mais ricos e miséria diminuiu. Levantamentos mostram que durante a pandemia a fortuna de 42 bilionários do país aumentou US$ 34 bilhões e auxílio emergencial reduziu extrema pobreza. ” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Centrão dividido impõe obstáculos ao governo. DEM e MDB vão deixar o bloco. Ato abre a sucessão à Presidência da Câmara. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Censório e ineficaz. Bloquear bolsonaristas na rede não ajudará o STF a desmontar engrenagem que sabota democracia.” 

“Sobral, mais uma vez. Novos dados do sucesso no ensino evidenciam que mais verba não é o único caminho.”

_*O GLOBO*_

“AGU não está a serviço do presidente. Bolsonaro não pode acionar a Advocacia da União para defender militantes alcançados pela Justiça.” 

“Sem o engajamento da sociedade, país não reduzirá mortes por Covid. De nada adianta o poder público impor medidas para frear contágio, se cidadãos ignorarem as normas.” 

_*ESTADÃO*_

“Debandada na Economia. Equipe econômica sofre três baixas importantes e Paulo Guedes tem de reorganizar suas forças num momento especialmente difícil.”

“A agropecuária na década de 20. País tem oportunidade de alavancar a economia nacional e cumprir sua dupla vocação global.” 

“O efeito do charlatanismo. ‘As pessoas não querem saber de pesquisa científica. Só do que o Bolsonaro tomou’.” 

“Imóvel garante recursos novos para a economia. É oportuna a perspectiva de oferta de mais crédito às famílias e de capital às empresas, a custos assimiláveis.” 

_*VALOR ECONÔMICO*_

Saneamento agora aguarda votação de vetos de Bolsonaro. Projeto dava possibilidade de prorrogar por mais 30 anos os contratos em vigor.” 

_*CORREIO BRAZILIENSE*_

“Fundeb no Senado. Neste país de dimensões continentais, com enorme desigualdade social, substantiva concentração de renda e marcante divisão ideológica, o placar de 492 votos a 5 não deixa dúvidas de que impera a certeza da necessidade de acelerar o salto qualitativo na formação das novas gerações.” 

📈 Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 28, em alta de 2.05%, a 104.477 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,79%, a R$ 5,16.

⏳ Destaque para o dia de hoje:

Realce cultural para o PARQUE ARRUDA CÂMARA (BICA), EM JOÃO PESSOA

Leia mais sobre Destaques da Grande Mídia Impressa.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments