Caso Wajngarten, empréstimos, Cedae e fila do Bolsa Família

Caso Wajngarten, empréstimos, Cedae e fila do Bolsa Família. Estes são os destaques da grande mídia, nesta quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020, na sinopse diária do Anexo 6.

? Edição: Sérgio Botêlho

? Destaques do dia:

“Órgão da Presidência arquiva caso Wajngarten sem apurar. Secretário é responsável por verba para TVs que contratam empresa da qual é sócio majoritário..” Manchete de capa da Folha.

“PGBL poderá ser usado para a garantia de empréstimos. Medida faz parte do esforço para reduzir as taxas de juros cobradas no crédito a pessoas físicas.” Manchete de capa do Valor Econômico.

“Cedae pagou R$ 195 milhões em 50 ações trabalhistas nos últimos 3 anos. Sabesp, que atende 371 cidades, gastou R$ 130 milhões no período.” Manchete de capa do O Globo.

“Fila do Bolsa Família tem 3,5 milhões e pressiona prefeitos. Sem recursos do programa, população de baixa renda recorre a governos municipais em busca de cestas básicas.” Manchete de capa do Estadão.

“Lauro Jardim e Fernando Gabeira: As bananas de Bolsonaro e a militarização do governo.” Destaque de capa do O Globo.

“‘Índio não pode ficar na terra como ser pré-histórico’. Presidente da Câmara afirma que proposta do governo para exploração comercial em terras indígenas ficará ‘do lado da Mesa’; texto enviado ao Congresso pede autorização para ‘garimpar, plantar e explorar turismo’.” Destaque de capa do O Globo.

“Justiça ordena nova perícia em corpo de Adriano. Justiça ordena outro laudo do corpo de ex-PM; Bolsonaro faz insinuações sobre investigação.” Destaque de capa do O Globo.

“Bolsonaro faz insulto a repórter; entidades reagem. Presidente reitera acusações contra repórter feitas por testemunha em CPMI, desmentidas pelo jornal ‘Folha de S. Paulo’. Associações de jornalismo, parlamentares e partidos repudiam agressão de cunho sexual.” Destaque de capa do O Globo.

“Miriam Leitão: Presidente ofende o cargo que ocupa.” Destaque de capa do O Globo.

“Relator amplia contratação com menos encargos. Parecer vai permitir até 25% do quadro de pessoal contratado na modalidade.” Destaque de capa do O Globo.

“Petroleiros contrariam TST e mantêm greve. Apesar de o ministro Ives Gandra ter considerado o movimento abusivo, paralisação continua. Categoria faz manifestação na sede da Petrobras, que nega risco de desabastecimento. No Paraná, Justiça suspende demissões temporariamente.” Destaque de capa do O Globo.

“Morte assistida. Portugal decide amanhã se eutanásia deixa de ser crime.” Destaque de capa do O Globo.

“Comissão da Anistia indefere 307 pedidos de indenização. Processos são referentes a camponeses do Araguaia; relator diz que repressão à luta contra ditadura foi ‘defesa da sociedade’.” Destaque de capa do O Globo.

“Saara, o ‘barracão’ dos foliões. Arcos de R$ 3,50 e bodies de R$ 30 fazem sucesso no comércio popular.” Destaque de capa do O Globo.

“Blocos de SP fazem maratona de desfiles. Por verba ou para espalhar a folia, grupos têm até quatro apresentações e criam versão infantil. ” Destaque de capa do Estadão.

“Bolsonaro quer perícia independente sobre Adriano. Presidente afirma que alguém poderia inserir áudios no celular do miliciano que foi morto em confronto com polícia da Bahia.” Destaque de capa do Estadão.

“Pornografia leva à prisão professor de escola de elite.” Destaque de capa do Estadão.

“Nova Previdência de SP avança na Assembleia. Número de votos foi igual ao mínimo necessário para validar PEC; segunda votação deve ocorrer até amanhã. ” Destaque de capa do Estadão.

“Presidente diz que Guedes ficará até o fim. Bolsonaro manda que seus auxiliares voltem a negociar para não ficar ‘pedindo dinheiro’ para os parlamentares.” Destaque de capa do Estadão.

“Ex-prefeito de Nova York cresce em pesquisas. Corrida presidencial. Ex-prefeito de Nova York gasta em pouco tempo de campanha US$ 300 milhões de sua fortuna, estimada em mais de US$ 52 bilhões, e começa a colher resultados: sobe 15 pontos porcentuais e se coloca à frente de outros rivais moderados.” Destaque de capa do Estadão.

“Bolsonaro ofende jornalista da ‘Folha’. Presidente faz insinuações de cunho sexual sobre Patricia Campos Mello; entidades reagem. ” Destaque de capa do Estadão.

“TRT manda Petrobrás suspender demissões. Fechamento de fábrica no Estado foi estopim de greve de petroleiros que completa 19 dias.” Destaque de capa do Estadão.

“Vera Magalhães: Ataque de Bolsonaro a jornalista quebra o decoro e revela busca por cortina de fumaça em caso do capitão Adriano.” Destaque de capa do Estadão.

“Mônica de Bolle: Não existe senso de urgência no governo ou no empresariado de que o Brasil não crescerá sem retomada da mobilidade social.. ” Destaque de capa do Estadão.

“Debate inicia programação do centenário da Folha. ” Destaque de capa da Folha.

“Bolsonaro insulta repórter da Folha com insinuação sexual.” Destaque de capa da Folha.

“Professor é preso em SP em  operação contra pedofilia.” Destaque de capa da Folha.

“Candidatura de Bloomberg à Casa Branca ganha força.” Destaque de capa da Folha.

“Para advogado de Flávio Bolsonaro, caso Adriana é pior do que o de Ágatha. ” Destaque de capa da Folha.

“Após uma década, ônibus em SP ainda rodam a 16km/h.” Destaque de capa da Folha.

“Reforma da Previdência de SP é aprovada em primeiro turno.” Destaque de capa da Folha.

“INSS reduz análise de pedidos de benefícios e fila volta a crescer.” Destaque de capa da Folha.

“Guedes é competente e fica no governo até o fim, diz presidente. ” Destaque de capa da Folha.

“Autonomia do BC causa rusga no Congresso. Câmara pretendia votar proposta depois do Carnaval, mas Senado se adiantou e aprovou texto na Comissão de Assuntos Econômicos. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Para juristas, Bolsonaro cometeu crime. Insulto de cunho sexual a jornalista da “Folha de S. Paulo” configuram base para um afastamento, mas circunstâncias políticas são favoráveis ao presidente.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Novos horizontes. Uma das maiores companhias de empreendimentos de luxo do país, JHSF Participações retoma incorporações e inicia nova fase.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Economia fraca reabre debate sobre corte de juro. BC deu sinais de que, por tempo indeterminado, não deve mexer na Selic, mas grupo de economistas entende que há espaço para afrouxar ainda mais a política monetária. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Acaba registro de corretores para seguros. Em vigor desde novembro de 2019, medida provisória que cria o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo revoga a lei que regulamenta a atividade.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Venda de água mineral dobra no Rio de Janeiro. Novas empresas passaram a atuar na região para suprir a demanda crescente.” Destaque de capa do Valor Econômico.

? Editoriais do dia:

“Falta grave. Entidades não devem transigir com racismo e homofobia nos estádios de futebol.” Editorial da Folha.

“Editorial – Sob ataque, aos 99. Bolsonaro reincide na ofensiva ao jornalismo; alvo é o edifício constitucional.” Editorial da Folha.

“Witzel inviabiliza privatização da Cedae. Depois de apoiar modelagem do BNDES, governador defende mudança que destrói a proposta.” Editorial do O Globo.

“Episódios de violência no carnaval de rua precisam ser contidos. No Rio, três pessoas morreram no fim de semana. Em São Paulo, cinco foram baleados em bloco.” Editorial do O Globo.

“Duas corporações vorazes. Magistrados e procuradores insistem que não são iguais aos demais cidadãos.” Editorial do Estadão.

“Bolsonaro e os governadores. O presidente tem inviabilizado qualquer forma de diálogo com a maioria dos governadores, além de complicar-lhes a administração naquilo que pode..” Editorial do Estadão.

“Sinais de anemia. O primeiro ano do governo Bolsonaro terminou com negócios emperrados e prenúncios pouco animadores para 2020.”. Editorial do Estadão.

“Comissão de Ética arquiva denúncia contra Wajngarten. A Comissão de Ética da Presidência da República deu ontem um passo rumo à inutilidade ao arquivar a representação contra o secretário especial de Comunicação Social, Fábio Wajngarten, por conflito de interesses”. Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira, 18, em queda de -0,29%, a 114.977 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,72%, a R$ 4,36.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments