Campanha de Bolsonaro e ações do governo entre os destaques da mídia

Campanha de Bolsonaro e ações do governo entre os destaques da mídia, nesta terça-feira, 26 de novembro. Chegamos ao 330º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isso, porque estamos a apenas 35 dias para o réveillon 2019-2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

Bolsonaro

“Campanha de Bolsonaro foi mais cara que o declarado. Notas do PSL mostram 11 milhões de santinhos, R$ 420 mil, omitidos pelo presidente”. Manchete de capa da Folha.

Governo

“Radiografia feita pela Câmara indica paralisia no MEC. Análise mostra que a política de alfabetização não foi efetivada e programas do ministério têm baixa execução”. Manchete de capa do Estadão.

“Guedes vai tentar barrar nova lei para concessões. O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu ao presidente Jair Bolsonaro e à Secretaria de Governo que atuem para evitar a votação da proposta na Câmara dos Deputados”. Manchete de capa do Valor Econômico.

“’Não se assustem se alguém pedir o AI-5’, diz Paulo Guedes.” Destaque de capa da Folha.

“Bolsonaro quer ação militar contra invasões rurais. Ao defender imunidade a agentes de segurança, presidente fala em ações de Garantia da Lei e da Ordem para zonas rurais, principalmente contra invasões”. Destaque de capa do O Globo.

“Bolsonaro quer força federal na desocupação de terra invadida. Advogados, defensores públicos e cidadãos consideram que há ingerência, mas mesmo assim avaliam bem o trabalho da Justiça”. Destaque de capa do Estadão.

“Planalto estuda projeto para privatizar gestão do auxílio-doença”. Destaque de capa da Folha.

“Acidentados perdem FGTS e estabilidade. Com MP 905, governo desobriga as empresas de depositar o FGTS de trabalhadores que sofrem acidente no percurso ao trabalho e se ausentam para tratar da saúde”. Destaque de capa do Valor Econômico.

Sistema financeiro

“Bancos vão fazer mutirão para renegociar dívidas. Instituições oferecerão condições especiais para liquidação de débitos”. Manchete de capa do O Globo.

Carnes

“Carnes elevam previsão do IPCA, mas índice segue abaixo da meta. Com aumento das exportações para China, oferta de proteínas no mercado doméstica ficou reduzida e deve pressionar os preços no varejo em dezembro”. Destaque de capa do Valor Econômico.

Dólar

“Dólar ronda R$ 4,22 com frustração nas contas externas”. Manchete da hora do Valor Econômico online.

TSE

“TSE deve liberar assinatura eletrônica. TSE deve autorizar uso de certificado digital, mas biometria terá dificuldade”. Destaque de capa do O Globo.

Violência contra a mulher

“Um milhão de vítimas de violência. Mais de 1,23 milhão de mulheres vítimas de violência foram atendidas pelo sistema de saúde do país de 2010 a 2017”. Destaque de capa do O Globo.

“Feminicídio em São Paulo cresce 27% neste ano”. Destaque de capa da Folha.

Letalidade policial

“Letalidade policial bate recorde. Homicídios dolosos caem, mas mortes em confrontos batem marca histórica”. Destaque de capa do O Globo.

Banco Central

“Para baixar juro, BC quer lançar ‘zap de pagamentos’. Diretor do BC diz apostar em novos produtos, como o ‘zap de pagamentos’, e na tecnologia para derrubar taxas de juros”. Destaque de capa do Estadão.

Uruguai

“Voto do exterior e vídeo pesaram em eleição uruguaia. Voto do exterior e vídeo de general estreitaram vantagem da centro-direita, dizem analistas. Temor causado por um vídeo do ex-chefe do Exército ordenando a militares que votassem no candidato da centro-direita reduziram a vantagem de Luis Lacalle Pou na eleição presidencial. O resultado sai até sexta.”. Destaque da hora do O Globo.

Rio

“Niemeyer sofre com novo transtorno. Acidente acontece às vésperas de julgamento que decide amanhã se avenida poderá ser reaberta ao tráfego em dias de sol. Via está fechada há quase seis meses, desde que encosta deslizou durante as chuvas”. Destaque da hora do O Globo.

Hong-Kong

“Candidatos pró-democracia vencem em Hong Kong. ‘Despertar’. Candidatos pró-democracia conquistaram 347 das 452 cadeiras na votação vista como um referendo sobre os protestos; um recorde de 71% dos 4,1 milhões de eleitores registrados votaram domingo, bem acima da marca de 40% das eleições de 2015”. Destaque de capa do Estadão.

Óleo nas praias

“Estudo mostra redução de polvos e corais após óleo. Quantidade de polvos e lagostas vai de 446 para 151 na BA; corais são os mais afetados”. Destaque de capa do Estadão.

Educação

“Parcerias que empregam. Universidades se aproximam das empresas para aluno ter chance maior de conseguir um emprego. Instituições também investem em empreendedorismo”. Destaque de capa do Estadão.

Meio ambiente

“Gases de efeito estufa atingem recorde. Monitoramento de agência da ONU indica que não há ‘indícios de desaceleração visíveis’ da quantidade de poluentes na atmosfera”. Destaque de capa do Estadão.

Goiás

“Caiado quer encampar Enel em Goiás. O governador de Goiás disse ao Valor que apoia a rescisão do contrato de concessão da estatal italiana Enel para distribuição de energia no Estado”. Destaque de capa do Valor Econômico.

📃 Editoriais do dia:

PIB

“Modesta retomada. Com alta do consumo, projeções para expansão do PIB em 2020 podem superar 2%”. Editorial da Folha.

Governo

“Cidadania opaca. Governo deve dados sobre Bolsa Família, que merece primazia na área social”. Editorial da Folha.

“Mercado externo teme recuo de Bolsonaro. Editorial do jornal britânico ‘Financial Times’ alerta governo sobre falta de firmeza nas reformas”. Editorial do O Globo.

Futebol

“Modelo vitorioso do Flamengo serve de exemplo para clubes brasileiros. Conquista da Libertadores da América e do Brasileirão passou por reestruturação financeira”. Editorial do O Globo.

Bolsonaro

” O partido de Bolsonaro. O Aliança pelo Brasil não é propriamente um partido político, mas um empreendimento familiar, ao estilo do caudilhismo bananeiro latino-americano..” Editorial do Estadão.

Candidaturas avulsas

“O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), convocou para o dia 9 de dezembro uma audiência pública para tratar da admissibilidade de candidaturas avulsas no País, ou seja, sem a necessidade de o candidato ser filiado a um partido político. O assunto não deveria estar sendo tratado no STF, mas em outro prédio da Praça dos Três Poderes, o Congresso.” Editorial do Estadão.

Santas Casas

“As Santas Casas na UTI. As Santas Casas estão sendo estranguladas pelo poder público, que paga mal pelos serviços que elas prestam no SUS”. Editorial do Estadão.

Desigualdade

“Há muito o que fazer para reduzir a desigualdade. São conquistas tão frágeis, porém, que, em vez de inspirar a confiança de que o cenário está mudando, indicam que mais esforços devem ser feitos”. Editorial do Valor Econômico.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou o pregão da segunda-feira, 25, em baixa de -0,25%, a 108.421 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,52%, a R$ 4,21.

⏳ Destaque histórico:

“Em 26 de novembro de 1911, nasceu Mário Lago, ator, compositor e poeta brasileiro, morto em 2002.” Mais informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu