Bolsonaro, PSL, STF, Lula, DEM, Fisco, estados, governo, são os temas das manchetes impressas e online

Sinopse da grande mídia: Bolsonaro, PSL, STF, Lula, DEM, Fisco, estados, governo, são os temas das manchetes impressas e online. Bolsonaro quer Eduardo líder; STF inicia julgamento; DEM pode fundir com PSL de Bivar; jovens somem de declarações do IR; 6 estados com déficits; Fisco faz negociações de dívidas.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

“Bolsonaro tenta emplacar Eduardo como líder do PSL. Alas ligadas ao presidente e a Luciano Bivar travam guerra pelo cargo”. Manchete de capa do O Globo impresso.

“Novo entendimento do STF sobre 2ª instância pode libertar Lula e mais 14 da Lava-Jato. Corte começa a debater a questão hoje à tarde, e tendência da maioria dos ministros seria condicionar prisão à sentença transitado em julgado”. Manchete da hora do O Globo online.

“Em conflito, STF começa a julgar hoje prisão após 2ª instância. Decisão deve sair na próxima semana; se jurisprudência for revista, ex-presidente Lula pode ser beneficiado”. Manchete de capa do Estadão impresso.

“Cúpula do DEM articula fusão com grupo político ligado a Luciano Bivar no PSL. Acordo defendido por Rodrigo Maia pode avançar caso Jair Bolsonaro deixe a sigla”. Manchete da hora do Estadão online.

“Após exigência de CPF, somem do IR 1,2 milhão de jovens. Levantamento do fisco mostra que sumiço de dependentes coincide com aumento de exigências feitas pela Receita”. Manchete de cada da Folha impressa e online.

“Seis Estados terão déficit de R$ 34 bilhões em 2020. Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso e Rio Grande do Norte continuarão com déficits orçamentários no próximo ano”. Manchete de capa do Valor Econômico impresso.

“MP do Contribuinte Legal pode ajudar até 1,9 mi de devedores. Para o secretário especial da Fazenda, a recuperação dos créditos ajudará a recompor limite do Orçamento de 2020”. Manchete da hora do Valor Econômico online.

📃 Editoriais do dia:

“Chega de guinadas. No julgamento da prisão após a 2ª instância, STF deveria favorecer estabilidade”. Editorial da Folha.

“A Putin, as batatas. Hipocrisia no Oriente Médio muda de patamar com Trump; líder russo se beneficia”. Editorial da Folha.

“Respeito ao STF e à jurisprudência. Cabe aos ministros proteger e reafirmar, com toda a altivez que a instituição merece, a jurisprudência do Supremo sobre a prisão após decisão de segunda instância”. Editorial do Estadão.

“Apenas o básico. Se o Brasil não promover um choque de produtividade no saneamento básico, seguirá reputado como um bolsão de injustiça social e miséria”. Editorial do Estadão.

“Risco de tempestade global. Guerra no comércio, desaceleração e riscos financeiros dão forma ao cenário de desastre”. Editorial do Estadão.

“A difícil renovação dos quadros partidários. Desfiliação de parlamentares do PSB e PDT mostra o poder de esquemas que controlam legendas”. Editorial do O Globo.

“Desabamento de prédio no Ceará expõe brechas no controle urbano. Poder público precisa exercer seu papel de fiscalização para evitar tragédias que se repetem no país”. Editorial do O Globo.

“É preciso manter a possibilidade de prisão em segunda instância. Os ministros não deveriam rever juízos corretos porque alguns procuradores supostamente extrapolaram suas prerrogativas”. Editorial do Valor Econômico.

📃 Outros destaques:

“Mais 600 mil pessoas entram em situação de extrema pobreza. Parcela da população que vive com R$ 90 por mês passou de 7% para 7,22% de 2017 para 2018. Pobreza não caiu”. Na capa do O Globo online.

“Em cinco anos, doenças por falta de saneamento custam R$ 1 bi ao SUS. Para pesquisadores, gasto com ocorrências ligadas ao contato com água contaminada é subestimado”. Na capa da Folha online.

“Menino tem infecção grave após engolir água contaminada no Pará. ‘Perguntaram o que ele tinha comido. Eu disse: comeu nada, mas ele caiu no canal e engoliu água’, diz mãe”. Na capa da Folha online.

“Após intervenção de Bolsonaro, deputados do PSL pedem troca de líder; grupo de Bivar reage”. Na capa do O Globo online.

“Grupo pró-Bolsonaro quer trocar Waldir por Eduardo na liderança do PSL”. Na capa do Estadão online.

“Bivaristas derrubam Eduardo e devolvem liderança do PSL a Delegado Waldir. Deputados alinhados ao presidente do partido, Luciano Bivar, conseguiram 32 assinaturas para devolver liderança ao parlamentar goiano”. Na capa do Valor Econômico online.

“Implosão do PSL faz siglas de médio e grande porte não cobiçarem Bolsonaro, seus aliados e filhos”. Na capa da Folha online.

“PSL tem guerra de listas após Bolsonaro atuar para Eduardo ser líder na Câmara. Embate se dá na disputa de poder dentro da legenda entre aliados do presidente e de Bivar”. Na capa da Folha online.

“Joice Hasselmann: Proposta de advogada de Bolsonaro é ‘amadorismo monstruoso’”. Na capa do O Globo online.

“Aliados de Bolsonaro estudam denunciar PSL ao Ministério Público para bloquear fundo partidário”. Na capa da Folha online.

“Aliado de Eduardo Bolsonaro é acusado por ex-assessor de praticar ‘rachadinha’”. Na capa do Valor Econômico online.

“Homenagem a Bolsonaro proposta por deputado acusado de ‘rachadinha’ é cancelada. Assessoria de Gil Diniz diz que o cancelamento não tem relação com a acusação”. Na capa da Folha online.

“Tabata aponta ‘massacre’ e mira Ciro e Lupi em pedido de desfiliação do PDT. Deputada, que ingressou com ação na Justiça para deixar partido e manter mandato, se diz perseguida”. Na capa da Folha.

“Juiz absolve Temer em processo ligado a gravação de Joesley Batista. Ex-presidente era acusado de tentar obstruir investigações do Ministério Público Federal”. Na capa da Folha online.

“Brasil tem uma denúncia de violência contra mulher a cada seis minutos. Governo recebeu, pelo Ligue 180, 60 mil registros de agressão de janeiro a agosto. Rio lidera”. Na capa do O Globo online.

“Na véspera do julgamento da 2ª instância no STF, Bolsonaro recebe Gilmar, Toffoli e Moraes. Gilmar diz que foi apenas uma visita de cortesia e nega terem conversado sobre o assunto”. Na capa do O Globo online.

“Na véspera de julgamento sobre segunda instância, Villas Bôas fala em risco de ‘convulsão social’. Ex-comandante do Exército recebeu a visita de Bolsonaro nesta quarta; STF começa a analisar na quinta possível mudança de entendimento sobre o tema”. Na capa do O Globo online.

“Villas Bôas fala em risco de ‘convulsão social’ antes de julgamento sobre segunda instância. No ano passado, na véspera do julgamento de Lula, o general disse que o Exército estaria ‘atento às suas missões institucionais’, sem detalhar o que pretendeu dizer com a expressão”. Na capa do Estadão online.

“Ao repetir pressão, general irrita Supremo, que prevê reação”. Na capa da Folha online.

“Uma em cada três decisões judiciais em segunda instância é alterada no STJ. Levantamento também aponta revisão de 7% dos casos criminais no Supremo; corte reavaliará prisão antes de esgotados os recursos”. Na capa da Folha online.

“Governo quer criar ou extinguir órgãos sem precisar de aval do Congresso. Medida permitiria ao presidente da República reorganizar estrutura do Executivo por meio de decreto, e não por lei aprovada na Câmara e no Senado”. Na capa do Estadão online.

“Brasil pode perder vaga em conselho de direitos humanos da ONU. País ganha a concorrência direta da Costa Rica em órgão de direitos humanos depois de confrontos diplomáticos de Bolsonaro”. Na capa do Estadão online.

“Rombo no Orçamento do Rio dobrou nos 3 anos da gestão Crivella”. Na capa do O Globo online.

“Seis Estados quebrados reduzirão rombo em 2020. Previsão de déficit conjunto de MG, RJ, RS, RN, GO recua de R$ 38 bi para R$ 33,8 bi no próximo ano”. Na capa do Valor Econômico impresso.

“Desabamento tem 3 mortos e 7 desaparecidos no Ceará. Vítimas estavam sob os escombros do Edifício Andrea, em Fortaleza, e foram localizadas pelo Corpo de Bombeiros, que mantém buscas no local. Corpo de entregador, que estava em mercadinho, é sepultado”. Na capa do O Globo impresso.

“Preocupação com mudança climática domina agenda do FMI. O encontro anual do banco, que teve início na terça-feira, 15, têm previstas ao menos 16 reuniões que tratam de políticas fiscais que ajudam a mitigar problemas ambientais”. Na capa do Estadão online.

“Salvador retira 22 toneladas de óleo em apenas 8 horas após chegada de novas manchas. Causa do derramamento ainda é desconhecida; ministro diz que não se sabe quanto óleo há no mar”. Na capa da Folha online.

“Quase 40% da exploração madeireira em Mato Grosso é ilegal. Maior parte da exploração ilegal está em propriedades privadas”. Na capa da Folha online.

“Leilão de energia atrai petroleiras. O setor elétrico entrou no radar das grandes petroleiras, interessadas em consolidar no Brasil um mercado consumidor para seu gás natural”. Na capa do Valor Econômico impresso.

📃 Colunas e artigos:

“STF deve barrar tentativa do PSL de aprovar PEC de prisão em 2ª instância. De acordo com ministros, artigo só poderia ser modificado por nova Constituinte”. Na coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

“Bolsonaro está certo. Obrigar notificação de violência pode expor mulheres a novas violências”. Na coluna de Mariliz Pereira Jorge, na Folha.

“Nosso velho Estado e a ilusão do controle. O Brasil falhou na prestação de serviços e a conta é paga pelos mais pobres”. Na coluna de Fernando Schüler, na Folha.

“Debate sobre prisões no STF é marcado por distorção e terrorismo. Supremo precisa deixar dados enganosos de lado e interpretar a Constituição”. Na coluna de Bruno Boghossian, na Folha.

“Duplo grau de jurisdição, sim; quádruplo, não. Presunção de inocência não é salvo-conduto”. Artigo de Roberto Levianu, na Folha.

“O papel do Supremo. Processos não são instrumentos de reforma social Por isso mesmo é que uma decisão reconhecendo a constitucionalidade da lei processual penal —que optou pela execução da pena após o trânsito em julgado— não parece apenas recomendável, mas a única possível para uma corte constitucional comprometida com os direitos fundamentais e com a democracia.” Artigo de Ademar Borges, Antônio Carlos de Almeida Castro e Cláudio Pereira de Souza Neto, na Folha.

“As medidas ‘pop’ e o prestígio de Bolsonaro. Atos do governo neste fim de ano devem ajudar a conter a sangria do prestígio presidencial”. Na coluna de Vinícius Torres Freire, na Folha.

“Água fria. Governo insiste em aprofundar a agenda estagnacionista e concentradora de renda”. Na coluna de Laura Carvalho, na Folha.

“Política de desmanche. Fusão da Capes com o CNPq tem tudo para virar desmanche”. Na coluna de Maria Hermínia Tavares de Almeida, na Folha.

“O bom que era mau. Para o presidente, é tudo ou nada, amigo ou inimigo, bom ou mau”. Na coluna de Uirá Machado, na Folha.

“Inspiração da Espanha. Ao contrário do que acontece no Brasil, partidos e Judiciário enfrentaram a grave crise”. Na coluna de William Waack, no Estadão.

“País, que sempre foi desigual, ficou mais desigual com a crise”. Na coluna de Miriam Leitão, no O Globo.

“Interpretação da lei resulta em decisões esdrúxulas”. Na coluna de Merval Pereira, no O Globo.

“Discussão política nunca desceu a um nível tão baixo”. Na coluna de Ascânio Seleme, no O Globo.

📊 Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 17, em alta de 0,89% pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,29%, a R$4,15.

Destaque histórico: “Em 17 de outubro de 1979, o prêmio Nobel da Paz é concedido a madre Teresa de Calcutá.” Na Barsa.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu