Bolsonaro pressiona e Exército livra Pazuello de punição

Após pressão direta de Bolsonaro, Exército livra Pazuello de punição (Folha). Sob pressão de Bolsonaro, Exército livra Pazuello e põe disciplina em risco (O Globo). Exército livra Pazuello de punição e cria desgaste entre oficiais (Estadão). Home office só é possível para 17,8% dos trabalhadores (Valor). Quem tem 59 anos pode agendar vacinação hoje (Correio). Essas são as manchetes dos jornais da grande mídia, de hoje. 

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano IV, Nº 935 de 04.06.2021

*Manchetes do dia*:

“Após pressão direta de Bolsonaro, Exército livra Pazuello de punição. Para evitar crise, Força aceita desculpas de ex-ministro por participar de forma irregular de ato político com o presidente.” *Manchete de capa da Folha*.

“Sob pressão de Bolsonaro, Exército livra Pazuello e põe disciplina em risco. Políticos, magistrados e até militares criticam decisão do comando da Força. *Manchete de capa do O Globo*.

“‘Exército livra Pazuello de punição e cria desgaste entre oficiais. Generais afirmam que Alto Comando tem ciência de que decisão foi mal recebida” *Manchete de capa do Estadão*.

“Quem tem 59 anos pode agendar vacinação hoje. O GDF voltou a antecipar o agendamento, a partir das 14h, para imunização de 18 mil pessoas com 59 anos, sem comorbidades.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Home office só é possível para 17,8% dos trabalhadores. Segundo pesquisadores, há o risco de essa situação ampliar desigualdades, pois o teletrabalho é mais acessível para aqueles com maior escolaridade e renda” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

°Sem tempo a perder. No papel, pode-se completar a vacinação neste ano; fazê-lo exige enorme esforço” 

°”Todos contra Bibi. Coalizão heterogênea e precária pode enfim tirar o premiê israelense do poder.”

_*O GLOBO*_. 

“Governo precisa se organizar para acelerar vacinação no 2º semestre. No mundo real, o governo reduziu em quase 4 milhões a previsão de vacinas para junho”. 

“Bolsonaro aposta em PIB, vacina e auxílio aos pobres. O panelaço durante o pronunciamento televisivo do presidente Jair Bolsonaro na quarta-feira foi a segunda manifestação de vulto contra o governo nos últimos dias, depois dos protestos de rua em dezenas de cidades no sábado 29 de maio.’”

_*ESTADÃO*_

°”O perigoso afastamento da política. Um regime democrático saudável deve atrair e promover a participação de todos, especialmente das novas gerações””

°”A pandemia e a queda de aprendizagem. Problemas na educação vão comprometer o futuro das novas gerações.” 

°”O déficit de moradias dignas. Situação habitacional no Brasil tende a piorar por causa da pandemia de covid-19.” 

°”Um maio de recordes na balança. Combinação de crescimento da demanda mundial e aumento dos preços de itens de grande peso na pauta das exportações do País vem impulsionando as vendas externas.” 

_*VALOR ECONÔMICO*_

°“Banco Central deve rever o balanço de riscos da inflação. Se as expectativas inflacionárias se desencorarem, mesmo com desemprego alto, o BC adicionará mais alguns pontos à Selic.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não funcionou nesta quinta-feira, 03, por conta do feriado de Corpus Christi.

Destaques:

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.
Notícias sobre Economia do Turismo

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments