Bolsonaro avisou sobre troca na PF; Barroso admite eleição adiada

Bolsonaro avisou sobre troca na PF; Barroso considera adiamento da eleição. Esses são destaques da grande mídia, neste domingo, 25 de maio de 2020, na seção DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA, do Anexo 6.

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“Bolsonaro a Moro, poucas horas antes de reunião: ‘Valeixo sai’. Mensagens enviadas 3h30 antes de encontro ministerial de 22 de abril contrariam versão do presidente sobre troca do comando da Polícia Federal.” *Manchete de capa do Estadão*.

“‘Ciência decidirá data das eleições municipais’. Novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso avalia que ainda é difícil dizer a data em que o país terá eleições municipais, previstas inicialmente para 4 de outubro.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Centenas de informes. Bolsonaro recebeu 1.272 relatórios de Inteligência. Dados da Abin contradizem queixa do presidente de não ter informações.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Vídeo permite novas frentes contra Bolsonaro e ministros. Segundo investigadores, presidente, Weintraub e Salles forneceram novos dados para apuração.” *Manchete de capa da Folha*.

📃 *Destaques de capa*:

_O GLOBO_

“Ex-assessora de Flávio tem loja que cresceu 860% em 2 anos”.

“Antes da reunião. ‘Valeixo sai esta semana’, disse Bolsonaro a Moro”.

“Merval Pereira: O presidente e a fixação pela escatologia”. 

“Míriam Leitão: Proposta de armar o povo é inconstitucional”. 

“Elio Gaspari: Na reunião patética, a fala de Guedes”.

“Bernardo Mello Franco: Em clima de conspiração”.

“Lauro Jardim: Pico das mortes deve ocorrer nesta semana”.

“Dorrit Harazim: Nem o ‘Mito’ está acima da legislação”. 

“Ancelmo Góis: Futebol: Crivella sob pressão de Bolsonaro”. 

“José Serra: Três crises e uma tempestade mais que prfeita”.

_FOLHA_

“Salles diz que ‘boiada’ era para todos os ministérios”.

“Presidente avisou Moro de troca na PF antes da reunião ”.

“Defesa apoia nota de Heleno, mas nega golpismo”. 

“Fábio Wajngarten: Ninguém ficou para trás”. 

“Tiroteios param postos de saúde e até doações no RJ”.

“Tratamento com anticorpos deve vir antes da vacina”.

“Grupo leva máscaras a Paraisópolis, que serão distribuídas pelo projeto Periferia Inventando Moda”.

“Obama entra em campanha contra reeleição de Trump”. 

“Estudo sugere combinar testes com isolamento de infectados”. 

“Guedes planeja criar ‘Refis do vírus’”.

_ESTADÃO_

“Militar já sem cargo triplicou cota permitida de munição. General já havia deixado função quando autorizou norma que triplica o limite para aquisição de projéteis; Bolsonaro cobrou Moro e ministro da Defesa durante reunião”.

“Pandemia gera R$ 5,3 bi em doações no País”.

“227.682.600 balas podem ser compradas no País de acordo com o novo decreto. Há 379.471 armas nas mãos da população.”. 

“Dinheiro para a ciência. Doação ajudou a tirar do papel ventilador pulmonar; Unicamp também se organizou para atrair contribuição”. 

“Hospital completa 2 meses de isolamento. UM HOSPITAL ISOLADO”.

“Arquitetos pensam em soluções seguras para o ‘novo escritório’. Empresas buscam projetos para se adaptar à nova realidade no pós-pandemia; mesas serão compartilhadas e salas de reuniões, abertas”.

“Startup que aluga apartamento por hora faz sucesso na quarentena. Criado em 2019, o Globe deixa usuário reservar um quarto por algumas horas; negócio tem fila de espera com 100 mil pessoas”.

“LOCKDOWN NA TRIBO. São Gabriel da Cachoeira decreta lock down após mortes”. 

“Vera Magalhães: Reunião ministerial do governo Bolsonaro de 22 de abril é representação do Inferno de Dante em tempos de pós-verdade.”. 

“J. R. Guzzo: Sobram gestores e facções obcecadas por alguma causa nestes tempos de epidemia, morte e miséria. Falta honestidade.”.

“Renata Cafardo: Para os adolescentes, é difícil estudar para conseguir uma vaga em um futuro que ninguém sabe qual vai ser.”.

“Affonso Celso Pastore: Há um iceberg por perto, e o risco de colisão é alto. Principalmente, se o comandante optar por uma cloroquina fiscal.”.

 _CORREIO BRAZILIENSE_

Bolsonaro avisou sobre troca na Polícia Federal.

Máscara. Fiscalização no DF é ampliada.

Pandemia. Espanha começa a abrir as portas. Monitoração constante para conter vírus. 

Abertura gradual do comércio no Distrito Federal faz aumentar a atenção na curva de crescimento da covid-19. A capital tenta voltar ao normal, apesar da doença. No Brasil, o número de mortes chega a 22 mil, segundo o Ministério da Saúde.

Varejo começa a crescer só em 2022. Passado o auge da crise do coronavírus, o setor prevê lenta retomada. Entre os motivos que preocupam o consumidor estão o desemprego e a dúvida em relação aos rumos da economia.

“Se cuida, minha filha”. Dona Maria de Freitas fala todos os dias com a filha, Sandra, que é técnica de enfermagem e está na linha de frente contra o coronavírus no Hran. “Eu me apego às orações”, confessa.  

Um novo hospital de campanha. Além dos três instalados no Mané Garrincha, Ceilândia e Papuda, outra unidade, ainda sem local definido, deve ser erguida. Ibaneis Rocha visitou, ontem, obras de UPAs. Sete serão entregues até dezembro.

Uma questão de equilíbrio. A nutricionista Talita Reis e a psicóloga Caroline Elisa criaram um programa que ajudar a manter uma relação de harmonia entre corpo e alimentação. 

A moda em debate. Renata Soares, professora de moda, está entre as especialistas que apontam mudanças na área.  

Conhecimento ajuda a melhorar a qualidade de vida.

Bandolim é seu nome! Hamilton de Holanda fala da carreira e da grandeza do Clube do Choro.

Novidades no trabalho. Ferramentas virtuais ganham espaço durante a pandemia e viram rotina.

📃 *Editoriais do dia*:

_FOLHA_

“Bolsonaro mente. Vídeo evidencia intento de intervir na PF e revela aparato pessoal de informação.” 

“Esperança de vacina..  Nunca houve tanto incentivo para um imunizante; Brasil erra ao atacar China.”

_O GLOBO_

“Com Ministério da Saúde sem rumo, Brasil ultrapassa 20 mil mortes. País se torna epicentro da Covid-19 e já registra o segundo maior número de infectados.” 

“A corrosão na confiança dos investidores. Sob Bolsonaro, a Presidência se tornou o principal vetor de instabilidades na República.” 

_ESTADÃO_

“O Estado paralelo de Bolsonaro. Solução encontrada por Bolsonaro para desafiar limites a seu poder foi começar a criar um Estado paralelo, em que as normas não são as inscritas na Constituição.”

“Reconstrução. Só a união em prol de um bem maior poderá ser capaz de libertar o País da prisão ideológica.” 

“Queda nas pesquisas. Irresponsabilidade na crise parece ter sido decisiva para aumento da rejeição ao governo.” 

“Confiança estaciona em nível baixo. A queda em abril foi tão intensa, que fez os especialistas da FGV verificarem até que ponto os níveis poderiam chegar.” 

_CORREIO BRAZILIENSE_

“A cultura e a crise. A indústria criativa injetou R$ 171 bilhões “2,6% do Produto Interno Bruto (PIB)” na economia brasileira em 2017, revela o Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) .” Editorial do Correio Braziliense.

📈 Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não abre aos finais de semana.

Destaque histórico:

Informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments