Ameaça de Trump ao Brasil é destaque das manchetes da grande mídia

Ameaça de Trump ao Brasil é destaque de todas as manchetes da grande mídia, nesta terça-feira, 03 de dezembro de 2019. Chegamos ao 337º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isto, porque estamos a apenas 28 dias para o réveillon 2019-2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

Ameaça de Trump

“Em revés para governo, Trump diz que vai taxar aço brasileiro. Americano acusa Brasil e Argentina de desvalorizar moedas e promete também aumentar tarifa sobre alumínio”. Manchete de capa do Estadão.

“Trump taxa aço brasileiro e constrange Bolsonaro. Brasil exporta para os EUA com isenção tarifária desde abril de 2018”. Manchete de capa do Valor Econômico.

“Trump diz que vai retomar tarifas sobre aço do Brasil. Segundo presidente, medida se deve a suposta ação brasileira para desvalorizar real”. Manchete de capa da Folha.

“Retaliação americana. Trump anuncia taxação de aço do Brasil e da Argentina. Decisão frustra expectativa do governo Bolsonaro de aproximação com EUA”. Manchete de capa do O Globo.

“‘Humilhação’, dizem observadores sobre tuíte de Trump. Analistas indicam que apesar da convergência de posições, Brasil não ganhou nada até agora com a aproximação”. Destaque de capa do Valor Econômico.

“Siderúrgicas devem pedir ajuda a clientes americanos. Indústria dos EUA não teria interesse na sobretaxa, que significaria elevação de custo de produção”. Destaque de capa do Valor Econômico.

Mortes em Paraisópolis

“Seis PMs são afastados após mortes em Paraisópolis”. Destaque de capa do Estadão.

“Policiais de Paraisópolis dão versões diferentes”. Destaque de capa da Folha.

“Vítimas saíram de outros bairros em busca de lazer”. Destaque de capa da Folha.

“Doria diz que repressão a bailes não vai mudar”. Destaque de capa da Folha.

“PMs de baile funk são afastados; Doria isenta tropa de culpa”. Destaque de capa do O Globo.

Liberação de emendas

“Parlamentares de partidos como PP, DEM e PL e aliados próximos ao presidente Jair Bolsonaro tiveram a maior quantia de emendas liberadas no ano. O campeão é o deputado Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP), vice-líder do governo na Câmara.”. Destaque de capa do Estadão.

Balança comercial

“Pior novembro em 4 anos na balança. Saldo comercial foi de US$ 3,43 bi no mês, reflexo da crise argentina e da queda na demanda chinesa; venda de carne bovina foi destaque”. Destaque de capa do Estadão.

Negócios

“Abertura de capital da XP pode passar de US$ 2 bilhões. Fundada por Guilherme Benchimol, maior corretora do País definiu ontem faixa de preço para suas ações na abertura de capital na Nasdaq, marcada para a próxima semana; valor ficou entre US$ 22 e US$ 25, e empresa pode ser avaliada em até US$ 13,8 bilhões”. Destaque de capa do Estadão.

Governo

“Chefe de Comunicação de Bolsonaro distorce e erra ao contestar a Folha”. Destaque de capa da Folha.

“Beatles vieram instaurar o comunismo, diz novo presidente da Funarte”. Destaque de capa da Folha.

América Latina

“Crise derruba popularidades. Onda antiestablishment que atinge o continente se agravou em países cujos presidentes já apresentavam índices de aprovação em queda; convulsões sociais ignoram ideologia e desestabilizam governos tanto de esquerda quanto de direita”. Destaque de capa do Estadão.

Preço da carne

“Exportação para a China provoca alta do preço da carne”. Destaque de capa do O Globo.

Privatização do Banco do Brasil

“Privatização do BB já é discutida por equipe de Guedes”. Destaque de capa do O Globo.

Ciência Brasil

“Cientistas da UFRJ lideram nova descoberta sobre esclerose lateral amiotrófica (ELA)”. Destaque de capa do O Globo.

Venezuela

“Guaidó enfraquecido. Oposição venezuelana sofre desgaste por casos de corrupção”. Destaque de capa do O Globo.

Cracolândia

“Nova cracolândia cresce em terreno doado ao Museu Nacional”. Destaque de capa do O Globo.

“Convenção do Clima. Secretário-Geral da ONU: ‘Mundo vive um ponto crítico”. Destaque de capa do O Globo.

Educação

“Teste expõe estagnação da educação nacional”. Destaque de capa da Folha.

Política

“‘PSDB não pode se apresentar à direita do que é’, diz governador. Eduardo Leite já é citado por cardeais de seu partido como possível candidato de centro à Presidência da República em 2022”. Destaque de capa do Valor Econômico.

Dívida

“Dívida bruta vai ser de até 78% do PIB neste ano, prevê Mansueto. Recentemente o Tesouro previa que conta chegaria a 80,8% em 2019”. Destaque de capa do Valor Econômico.

📃 Editoriais do dia:

Cheque especial

“Por mais competição. Limite a juro do cheque especial deve ser paliativo na busca de concorrência “. Editorial da Folha.

Uruguai

“Paz uruguaia. Presidente eleito do país vizinho dá mostra de tolerância, observada no pleito “. Editorial da Folha.

Trump

“Populismo eleitoral de Trump atinge o Brasil. Bolsonaro, que pensava receber tratamento especial da Casa Branca, tem mais uma lição de realidade “. Editorial do O Globo.

“Nova ameaça do amigo Trump. É difícil dizer se a passividade de Jair Bolsonaro diante de uma evidente agressão reflete seu despreparo, uma espantosa ingenuidade ou incompreensão do que se passa no cenário internacional. Ou será uma mistura de tudo isso?”. Editorial do Estadão.

Mortes em Paraisópolis

“Violência inaceitável. Há indicação de graves erros do poder público em Paraisópolis. Ele não proibiu o baile ilegal; e apavora a constatação do uso da violência”. Editorial do Estadão.

“Tragédia em favela de Paraisópolis expõe despreparo das polícias. Em São Paulo, ação da PM durante baile funk terminou com nove pessoas mortas”. Editorial do O Globo.

PSL

“A farra das notas fiscais. Tudo indica que foram apresentadas notas frias para justificar o uso de dinheiro público sabe-se lá onde e com que finalidade. O Estado apurou que 20 dos 53 deputados federais da bancada do PSL, ex-partido do presidente Jair Bolsonaro, requereram à Câmara dos Deputados o ressarcimento de R$ 730 mil por serviços prestados por firmas que não existem nos endereços informados nas notas fiscais.” Editorial do Estadão.

Governo

“Melhorar competitividade exige mais foco do governo. Se o governo quer ficar entre os 50 países mais competitivos em três anos terá que intensificar as medidas”. Editorial do Valor Econômico.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 02, em alta de 0,64%, a 108.928 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0.66%, a R$ 4,21.

⏳ Destaque histórico:

“Em 03 de dezembro de 1992, no Reino Unido, é postado o primeiro SMS.” Mais informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu