Alta do dólar e fala de Guedes se destacam nas manchetes

Alta do dólar e fala de Guedes se destacam nas manchetes, nesta quarta-feira, 27 de novembro. Chegamos ao 331º dia de 2019 e, portanto, bem próximos de ver encerrado mais um ano. Isso, porque estamos a apenas 34 dias para o réveillon 2019-2020.

🖋 Edição: Sérgio Botêlho

📃 Manchetes do dia:

Alta do dólar e fala de Guedes

“Fala de Guedes sobre câmbio leva dólar a recorde de R$ 4,24. Juros nos EUA, crise sul-americana e leilão do pré-sal também contribuíram”. Manchete de capa do O Globo.

“Fala de Guedes sobre dólar e AI-5 provoca instabilidade. Moeda bate recorde, afeta juros futuros, e ministro é criticado por chefes do Legislativo e Judiciário”. Manchete de capa da Folha.

“Alta do dólar traz incertezas sobre preços e corte de juros. Moeda a R$ 4,24, recorde no País, encarece viagens, eleva custos de produção e pode frear baixa da Selic”. Manchete de capa do Estadão.

“Fala de Guedes faz dólar subir e exige ação do BC. Declarações feitas pelo ministro da Economia na segunda-feira, em Washington, tiveram forte impacto no mercado financeiro e na área política”. Manchete de capa do Valor Econômico.

“Toffoli e Maia criticam ministro por menção a AI-5. Ministro da Economia fez referência ao AI-5 ao falar sobre protestos e depois recuou. Para presidente da Câmara, não faz sentido fechar Congresso por causa de manifestações. Presidente do STF diz que ação é ‘incompatível com a democracia’”. Destaque de capa do O Globo.

“Citação a AI-5 rende críticas contra Guedes. Toffoli diz que afirmação é ‘incompatível com democracia’; Maia cita ‘insegurança’”. Destaque de capa do Estadão.

Segunda instância

“Congresso fecha acordo para votar 2ª instância em 2020. Alcolumbre e Maia fazem acordo, e projeto da Câmara sobre 2ª instância terá prioridade”. Destaque de capa do O Globo.

MP do Emprego

“Alcolumbre avalia devolver MP do emprego. Medida é vista como inconstitucional e Alcolumbre vai avaliar se governo reeditou norma rejeitada pelo Congresso no mesmo ano”. Destaque de capa do Estadão.

Óleo nas praias

“Volume de óleo supera em 16 vezes todos os vazamentos desde 2012. Volume de óleo no Nordeste é 16 vezes maior do que vazamentos no país desde 2012”. Destaque de capa do O Globo.

“Câmara aprova o Médicos pelo Brasil. MP passou na Câmara e ainda precisará de aval do Senado; o mesmo vale para o projeto que prevê Revalida duas vezes por ano”. Destaque de capa do Estadão.

Alter do Chão

“Pará prende 4 brigadistas acusados de incêndios em Alter do Chão”. Destaque de capa do O Globo.

“Brigadistas são ligados a queimada. Quatro integrantes de ONG foram presos por envolvimento em incêndios e desvio de recursos da WWF no PA; suspeitos negam ação ilegal”. Destaque de capa do Estadão.

Rio

“Brecha legal dá tempo ao Rio para negociar ajuste fiscal. Brecha legal dá ao Rio mais tempo para cumprir exigências de ajuste”. Destaque de capa do O Globo.

“‘Abraçaço’ pelo futuro do MAR. Museu sediou, ontem, manifestação de artistas, curadores, colecionadores, galeristas e membros da sociedade civil; reunião entre OS e secretário de Cultura, hoje, pode suspender o aviso prévio dos funcionários”. Destaque de capa do O Globo.

“Projeto pode dar estabilidade a 21 mil servidores municipais. Após Crivella beneficiar parte de pessoal da Comlurb, vereadores preparam emendas para quadro de cinco empresas públicas”. Destaque de capa do O Globo.

Colômbia

“Morte de jovem em ato acirra protestos contra Duque. Morte de jovem acirra protestos contra Duque, que enfrentará nova greve geral apesar de concessões”. Destaque de capa do O Globo.

“Morre jovem que virou símbolo de protestos na Colômbia. Manifestantes fazem vigília em Bogotá por Dila Cruz, 18, morto após ser ferido por membros das forças de segurança da Colômbia”. Destaque de capa da Folha.

Flip

“Elizabeth Bishop: Meio literário critica homenagem na Flip”. Destaque de capa do O Globo.

Cassinos

“Lobby de cassinos tenta convencer evangélicos. Deputados do bloco retomam ofensiva para aprovar projeto que permite abertura de cassinos no País; presidente recomenda a parlamentares consultar bancada evangélica”. Destaque de capa do Estadão.

Hong Kong

“Cerco a campus de universidade em Hong Kong acaba”. Destaque de capa da Folha.

📃 Editoriais do dia:

Alta do dólar e fala de Guedes

Dólar em alta, mais um alerta. Ministro Paulo Guedes reage como se nada inquietante estivesse ocorrendo”. Editorial do Estadão.

“Ineptos e autoritários. Menções governistas ao AI-5 e incentivo a força letal vêm de substrato cesarista”. Editorial da Folha.

“Guerra imaginária. Os brasileiros que querem a manutenção da democracia plena e do Estado de Direito deveriam expressar seu repúdio inequívoco a qualquer tentativa de banalizar medidas como o AI-5.” Editorial do Estadão.

Poluição

“Descaso ensurdecedor. Volume de queixas indica que SP deve aplicar maior rigor contra poluição sonora”. Editorial da Folha.

Julgamento no STF

“A preservação da inteligência financeira. Retomada do julgamento no STF sobre o alcance do sigilo recoloca em questão o combate à corrupção”. Editorial do O Globo.

Desmatamento

“Combate ao desmatamento requer monitoramento e fiscalização. Estudo comprova equívoco do governo em não agir para proteger Floresta Amazônica”. Editorial do O Globo.

Lixo

“Os descaminhos do lixo. Há um grande contingente de pessoas não atendidas por serviços de coleta, e o setor apresenta déficits consideráveis em relação à coleta seletiva, recuperação de materiais e disposição dos resíduos sólidos.” Editorial do Estadão.

Governo

“Planalto envia mais um projeto antidemocrático ao Congresso. O Congresso deve rejeitar mais uma das peças antidemocráticas que o Planalto lhe submete”. Editorial do Valor Econômico.

📊 Mercado:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou o pregão da terça-feira, 26, em queda acentuada de -1,26%, a 107.059 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,59%, a R$ 4,24.

⏳ Destaque histórico:

“Em 27 de novembro de 1895, o cientista sueco Alfred Nobel inventor, entre outras coisas, da dinamite, preocupado de como seria lembrado na posteridade, destinou sua fortuna, em testamento, à concessão de seis prêmios anuais (Física, Química, Fisiologia ou Medicina, Literatura e Paz) a pesquisas, descobertas ou contribuições notáveis para a humanidade no ano imediatamente anterior ou no curso de suas atividades.” Mais informações sobre o dia de hoje na história, é só clicar.

 

(Anexo 6 publica diariamente a sinopse da grande mídia impressa, com foco nas manchetes, nos editoriais e nos destaques de capa)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu