Alexandre Frota, MBL e Bolsonaro se juntam à PGR no pedido de impugnação da candidatura de Lula, no TSE

À Procuradoria Geral da República, juntam-se, agora, no pedido de impugnação da candidatura de Lula, à Presidência da República, o presidenciável Jair Bolsonaro, o MBL, um dos movimentos de

À Procuradoria Geral da República, juntam-se, agora, no pedido de impugnação da candidatura de Lula, à Presidência da República, o presidenciável Jair Bolsonaro, o MBL, um dos movimentos de destaque na campanha pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, e o ator Alexandre Frota.

Inicialmente, o pedido de registro da candidatura de Lula estava submetido à análise do ministro Luis Roberto Barroso. Após questionamento feito pelo PT, Barroso devolveu o processo à ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, que deve escolher novo relator.

Lula está preso em Curitiba depois de condenado, em segundo grau, pela Justiça, em processo da Lava Jato. Mesmo assim, nessa quarta-feira, 15, o PT decidiu registrar o nome do ex-presidente como candidato à Presidência da República na eleição 2018, sob protesto de seus adversários.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.