Agências da ONU lançam relatório global sobre segurança alimentar e nutrição

Nesta quarta-feira (6), cinco agências das Nações Unidas lançarão a edição 2022 do relatório “O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo”. O evento de divulgação será transmitido online e contará com um briefing para a imprensa.

A publicação deste ano apresentará estimativas recentes sobre o custo e a acessibilidade de uma alimentação saudável, além de dados globais atualizados sobre a fome, uma análise das implicações do impacto da guerra na Ucrânia e da COVID-19 na segurança alimentar, entre outras avaliações.

Representantes da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Programa Mundial de Alimentos (WFP) e Organização Mundial da Saúde (OMS) farão apresentações durante o evento de divulgação do novo relatório.

O número de pessoas afetadas pela fome continua aumentando. É o que aponta o novo relatório “O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo 2022” (SOFI 2022). O documento mostra que o mundo está se afastando cada vez mais de seu objetivo de acabar com a fome, a insegurança alimentar e a má nutrição em todas as suas formas.

O relatório será lançado neste dia 6 de julho pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Programa Mundial de Alimentos (WFP) e Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entre os dados disponíveis na nova publicação estão atualizações sobre a situação da segurança alimentar e nutrição em todo o mundo, incluindo as estimativas mais recentes sobre o custo e a acessibilidade de uma alimentação saudável.

Consciente dos recursos públicos limitados disponíveis em muitas partes do mundo, o relatório também analisa maneiras pelas quais os governos podem redirecionar seu atual apoio à agricultura para reduzir o custo de alimentos nutritivos e sustentáveis.

O relatório deste ano ainda apresentará dados globais atualizados sobre a fome; uma análise das implicações do impacto da guerra na Ucrânia e da COVID-19 na segurança alimentar; detalhes sobre a crescente lacuna de gênero na segurança alimentar; estimativas atualizadas sobre o custo e a acessibilidade de uma alimentação saudável e recomendações de políticas para o reaproveitamento de alimentos e apoio agrícola para direcionar alimentos nutritivos.

Evento – O evento de lançamento começa às 11h (horário de Brasília) e será seguido de um briefing para a imprensa.

A transmissão será feita via web no site da FAO e na UN Web TV. Os jornalistas também podem solicitar entrevistas individuais com especialistas da FAO com antecedência, sob embargo ou no próprio dia.

Entre as autoridades presentes no evento e que irão se apresentar estão o diretor-geral da FAO, QU Dongyu, o presidente do FIDA, Gilbert F. Houngbo, a diretora executiva do UNICEF, Catherine Russell, o diretor executivo do WFP, David Beasley, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e o economista-chefe da FAO, Máximo Torero Cullen.

Crédito da foto: Foto: © Giuseppe Bizzarri/FAO

You may also like

Inscreva-se
Notifique-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments