Afastamento de Aécio do mandato de senador é o tema em destaque no noticiário

Afastamento de Aécio do Senado é tema em destaque no noticiário
Afastamento de Aécio do Senado é tema em destaque no noticiário

Afastamento de Aécio Neves do Senado, decidido pelo STF, mantendo-o sob recolhimento noturno ao domicílio, e a pretensão do Senado de não atender à decisão do Supremo, matéria a ser votada, nesta quinta-feira, 28, é o assunto de maior destaque do noticiário. Jornais registram divergências dos ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio com a decisão do STF.

“PT, Temer e Gilmar se unem contra STF por afastar Aécio”, revela a manchete de O Globo (impresso). “Senadores se unem para manter Aécio no cargo; STF se divide”, diz a do Estadão (impresso). “Senado deve rejeitar o afastamento de Aécio”, diz a Folha (impressa).

Estadão e Folha também tratam do tema nas manchetes de seus portais: “Senado quer livrar Aécio do Supremo, mas pode puni-lo no Conselho de Ética” (Estadão online). “Senado desafia decisão do STF e deve barrar o afastamento de Aécio Neves” (Folha online).

Ainda sobre o tema: Eunício e Cármen se reúnem para tratar de decisão de afastar Aécio. Ministra disse que STF só pode analisar o caso após uma posição do Senado. Aécio e Delcídio: destinos diferentes para situações parecidas. Fux: Espera-se que Senado cumpra a decisão do STF. Ao contrário do PT, PSDB paulista defende afastamento de Aécio.

A manchete do portal de O Globo trata da reforma política que está sendo votada na Câmara: “ Câmara vota pela criação da cláusula de barreira e pelo fim das coligações; troca-troca partidário é mantido por parlamentares”. Assunto também é destaque no noticiário.

“Câmara rejeita urgência para projeto de reforma política aprovado no Senado”, conta a submanchete do portal de O Globo. “Câmara adia reforma política sem votar criação de fundo de campanha”, explica a submanchete do portal do Valor Econômico. E, ainda: Câmara acaba com coligação e impõe cláusula de barreira.

Sobre a denúncia contra o presidente Temer, em tramitação na Câmara: Temer é notificado no Planalto da segunda denúncia da PGR. Denúncia contra Temer e ministros não será fatiada. Ausência de Aécio é risco para Temer. 

Sobre os leilões da Cemig: Leilões arrecadam mais que o previsto e dão folga de R$ 4 bi ao caixa do governo. Miriam Leitão: Leilão foi sucesso, mas pagará gastos de custeio. Martha Beck: Resultado de leilões dá alívio à equipe econômica.

Celso Ming. Mais importante do que o resultado dos leilões é a postura da administração econômica. Análise: Equipe econômica respira aliviada com resultado de leilões da Cemig e da ANP. Ibovespa ignora sucesso de leilões e tem maior sequência de quedas em 17 meses. 

Supremo dá aval a difusão de crença em aula de religião (Assunto está em todas as primeiras páginas de jornais e portais). 

Sobre Lula: Glaucos da Costamarques, em cujo nome está registrado o apartamento alugado para o ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo, assinou em um único dia todos os recibos de aluguel correspondentes a 2015 e entregues à Lava-Jato pelo petista, diz advogado. Ministério Público informou que pedirá perícia nos recibos entregues pela defesa de Lula.  

Projeto aprovado na CCJ do Senado torna crime hediondo portar armas de uso restrito. Planalto estende prazo de adesão ao Refis até dia 31 de outubro. Porte de arma para agentes de trânsito é aprovado pelo Senado.

Fachin separa inquérito do ‘quadrilhão’ do PMDB no Senado. STF deve decidir hoje sobre Lei da Ficha Limpa para casos anteriores a 2010. Battisti entra com habeas corpus no STF para impedir extradição.

Chuva continua no Distrito Federal pelo menos até domingo, diz Inmet. Reservatórios de água que abastecem o DF seguem em nível crítico.

Edição: Sérgio Botêlho

MANCHETES DOS JORNAIS: PT, Temer e Gilmar se unem contra STF por afastar Aécio. Presidente e petistas articulam operação no Senado para salvar tucano. Ministro Barroso diz que medida cautelar está prevista em lei; senadores ameaçam confrontar a decisão do tribunal/Merval Pereira: O que está em jogo é a classe política como um todo/Denúncia contra Temer e ministros não será fatiada. A denúncia por obstrução de Justiça e organização criminosa contra o presidente Temer e dois de seus ministros vai tramitar de forma conjunta na Câmara. Um relator único apreciará a acusação contra Temer e também contra Moreira Franco (Secretaria- Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil)/Recibos assinados em um único dia. Dono de imóvel usado por Lula em São Bernardo recebeu contador em hospital, segundo sua defesa. Glaucos da Costamarques, em cujo nome está registrado o apartamento alugado para o ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo, assinou em um único dia todos os recibos de aluguel correspondentes a 2015 e entregues à Lava-Jato pelo petista. Internado num hospital em novembro daquele ano, Costamarques, segundo sua defesa, recebeu o contador João Muniz Leite, a pedido de Roberto Teixeira, compadre e advogado de Lula, informa GUSTAVO SCHMITT. Os advogados do empresário devem apresentar hoje petição na Justiça em Curitiba relatando a forma como os recibos foram assinados. O Ministério Público informou que pedirá perícia nos recibos entregues pela defesa de Lula/Leilões garantem R$ 15,9 bi ao governo. A venda de quatro usinas da Cemig garantiu arrecadação de R$ 12,1 bilhões e mostrou interesse dos investidores por ativos de energia do país. Um leilão de petróleo rendeu outros R$ 3,8 bilhões, mas graças sobretudo aos lances da Petrobras/Miriam Leitão: Leilão foi sucesso, mas pagará gastos de custeio/Martha Beck: Resultado de leilões dá alívio à equipe econômica/Portar fuzis pode ser crime hediondo. Projeto aprovado na CCJ do Senado torna crime hediondo portar armas de uso restrito. Carregamento de fuzis destinado a Rogério 157 foi apreendido na Dutra dias antes da guerra na Rocinha/STF libera ensino confessional. Por seis votos a cinco, o STF decidiu que escolas públicas do país podem ter ensino confessional, mas educadores e religiosos dizem acreditar que medida abre brecha para proselitismo. Manchete e submanchetes do jornal O Globo. (…) Senadores se unem para manter Aécio no cargo; STF se divide. Parlamentares reagem à decisão da Corte de afastar o tucano; ministros divergem/Supremo libera ensino público religioso ligado a crença/Leilões rendem R$ 4 bi extras e dão alívio fiscal ao governo/Aprovado texto-base do Refis. Deputados aprovaram o texto-base da MP que cria o novo programa de parcelamento de dívidas com a União. Mudanças feitas provocarão perda de arrecadação para o governo/Câmara acaba com coligação e impõe cláusula de barreira. A Câmara concluiu ontem a votação da proposta que acaba com as coligações em eleições proporcionais a partir de 2020 e estabelece uma cláusula de desempenho para o acesso ao Fundo Partidário e ao tempo para propaganda. Um destaque aprovado acaba com as uniões entre diferentes legendas. O texto vai para o Senado, onde tem de ser votado até semana que vem para ter validade em 2018/Segunda denúncia não será fatiada. O presidente da CCJ da Câmara, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), decidiu manter a tramitação conjunta da acusação contra o presidente Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco/STJ dá força a acordo de banco e poupador/Anatel troca multa por investimento. O Tribunal de Contas da União decidiu que a Anatel poderá trocar as multas aplicadas às operadoras de telefonia por investimentos no setor/Celso Ming. Mais importante do que o resultado dos leilões é a postura da administração econômica/.. Manchete e submanchetes do jornal Estado de São Paulo. (…) Senado deve rejeitar o afastamento de Aécio. Casa foi notificada ontem sobre decisão do Supremo, que rachou tribunal/Governo arrecada acima do esperado em leilões/Planalto estende prazo de adesão ao Refis até dia 31 de outubro. O governo vai editar medida provisória para estender s o prazo de adesão ao Refis de sexta (29) para 31 de outubro. Ontem, a Câmara aprovou o texto-base da MP do programa, que permite o refinanciamento de dívidas com o fisco. Um acordo para a votação só foi obtido após o Planalto aceitar regras mais generosas aos devedores. Os parlamentares ainda votarão emendas ao texto/Supremo dá aval a difusão de crença em aula de religião/Bernardo Mello Franco: Congresso vê chance de ouro contra Judiciário. Manchete e submanchetes do jornal Folha de São Paulo. (…) Construção civil reage e cria empregos no DF. Setor econômico cresce, lidera a abertura de 14 mil vagas entre julho e agosto e anima o mercado imobiliário. “E a melhora é tanto nas obras públicas quanto privadas”, comemora o presidente do Sinduscon, João Carlos Pimenta/ Senado sob pressão para barrar decisão do STF sobre AécioManchete do jornal Correio Braziliense. (…) . Manchete do jornal Estado de Minas. (…) Professor da rede pública pode ensinar sua religião na sala de aula. Manchete do jornal Zero Hora, do RS (…) Leilões superam expectativa e geram R$ 15,8 bi à União. Em mais uma demonstração de confiança das empresas estrangeiras na recuperação da economia brasileira, os leilões de usinas hidrelétricas e de blocos para exploração de petróleo realizados ontem superaram, com folga, as expectativas/Ausência de Aécio é risco para Temer. Com o afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) do Senado, o presidente Temer perdeu um aliado estratégico na articulação para arquivar a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da RepúblicaManchete do jornal Valor Econômico. (…) Leilões da ANP e de usinas da Cemig arrecadam R$ 15,9 bi. A arrecadação de R$ 15,9 bilhões com os leilões de quatro usinas da Cemig e de áreas de petróleo e gás demonstraram que os investidores estrangeiros seguem com apetite pelo Brasil.. Manchete do jornal DCI-Diário, Comércio, Indústria e Serviços online. (…) Porte de arma para agentes de trânsito é aprovado pelo Senado. Manchete do Jornal do Senado. (…)

MANCHETES DOS SITES DE NOTÍCIAS: Reforma política: Câmara vota pela criação da cláusula de barreira e pelo fim das coligações. Troca-troca partidário é mantido por parlamentares/Câmara rejeita urgência para projeto de reforma política aprovado no Senado. Deputados não quiserem analisar proposta que cria fundo eleitoral/Ministros do STF divergem sobre o Senado rever afastamento de Aécio Neves. Barroso: Primeira Turma do tribunal ‘não decretou a prisão do senador’. Para Gilmar, decisão não tem respaldo na Constituição/Eunício e Cármen se reúnem para tratar de decisão de afastar Aécio. Ministra disse que STF só pode analisar o caso após uma posição do Senado/Análise: Aécio já tinha sido afastado em maio. Por que só agora vem a gritaria?/MPF pedirá perícia em recibos de aluguel exibidos por Lula. Documentos chamaram atenção de investigadores por datas que não existem e erros de digitação/Battisti entra com habeas corpus no STF para impedir extradição. O GLOBO revelou pedido sigiloso da Itália para que Brasil reveja asilo ao italiano/Análise: Equipe econômica respira aliviada com resultado de leilões da Cemig e da ANP. Governo recebe, num único dia, garantia de ingresso de R$ 16 bi nos cofres públicos até o fim do ano/Receita do leilão da ANP é a maior desde o de Campo de Libra, diz diretor. Petrobras fez a maior oferta, de R$ 2,2 bilhões, em um único campo/Temer é notificado no Planalto da segunda denúncia da PGR. Presidente é acusado de integrar uma organização criminosa e de obstrução à Justiça/STF decide que escolas públicas podem ter ensino confessional. Votação apertada foi decidida com voto de Cármen Lúcia. Colégios podem ter aulas para promover uma só religião/Senado aprova porte de arma para agentes de trânsito. Parlamentares também definiram novos critérios para repasses do Fundo Penintenciário/Relator dá parecer favorável a abertura de processo contra Lindbergh no Conselho de Ética. A representação por quebra de decoro foi apresentada pelo senador José Medeiros (Podemos-MT). Manchete e submanchetes da hora de O Globo online. (…) Senado quer livrar Aécio do Supremo, mas pode puni-lo no Conselho de Ética. Plano, segundo apurou a ‘Coluna do Estadão’, é revogar as duas decisões do STF contra o senador tucano/Ministros do STF divergem sobre decisão que afastou Aécio/Juízes repudiam Gilmar por ‘vergonha na cara’/Não há dúvida jurídica em decisão sobre Aécio, diz Barroso/Marco Aurélio admite revisão de afastamento de Aécio’/Tenho dó dele’, diz presidente do PSDB-SP sobre Aécio/PT deve ser contra decisão de afastar Aécio/Gustavo Franco deixa o PSDB e se filia ao Novo. Um dos formuladores do Plano Real, economista de 61 anos vai presidir o braço teórico da legenda/Câmara aprova fim das coligações, mas fundo não avança no plenário. Para que as regras valham para 2018, projetos têm de ser aprovados até a próxima semana/Fundo favorece PMDB e Centrão, diz especialista/Deputados aprovam Refis mais generoso para quem deve à União. MP, votada com Meirelles fora do País, prevê desconto de até 70% nas multas e 90% nos juros. Manchete e submanchetes da hora do Estadão online. (…) Senado desafia decisão do STF e deve barrar o afastamento de Aécio Neves. Bastam 41 votos entre os 81 senadores para salvar o tucano; até o PT deverá apoiá-lo/Suspensão do senador mostra as nuances da relação entre Poderes/PAINEL Cármen Lúcia quer evitar briga com Senado/Bernardo Mello Franco: Congresso vê o caso como chance para medir forças com Judiciário/’Aécio tem nosso respeito e afeto’, afirma Alckmin/Leilões arrecadam mais que o previsto e dão folga de R$ 4 bi ao caixa do governoManchete e submanchetes da hora da Folha online. (…).Chuva continua no Distrito Federal pelo menos até domingo, diz Inmet. Reservatórios de água que abastecem o DF seguem em nível crítico Manchete da hora do Correio Braziliense online. (…) Nas mãos de Fábio, Cruzeiro vence Flamengo nos pênaltis e é penta da Copa do Brasil. Manchete da hora do Estado de Minas online. (…) Câmara rejeita projeto que altera IPTU de Porto Alegre e impõe nova derrota a Marchezan. Matéria proposta pelo governo foi barrada na Casa com 25 votos contrários e 10 votos a favor e uma abstenção. Manchete da hora do jornal Zero Hora, do RS, online (…) Eunício confirma a senadores que levará a plenário decisão do STF sobre Aécio/PT considera esdrúxula decisão do STF de afastar Aécio Neves. Aécio diz que foi ‘condenado sem processo’/Câmara adia reforma política sem votar criação de fundo de campanha/. Manchete da hora do Valor Econômico online. (…) Fachin separa inquérito do ‘quadrilhão’ do PMDB no Senado/Dólar sobe e encosta em R$ 3,20 acompanhando avanço no exterior. Moeda avança 0,84%, a R$ 3,19 na venda, maior nível desde 14 de agosto/Câmara aprova texto-base da MP do Refis. Medida, que passou por votação simbólica, deve resultar na arrecadação de R$ 10 bilhões/Ibovespa cai pelo 5º dia por preocupação com avanço de reformas. Índice registra queda de 0,7%, a 73.796 pontosManchete e submanchetes da hora do DCI-Diário, Comércio, Indústria e Serviços online. (…) Agentes de trânsito podem trabalhar armados, decide Senado. Manchete da hora da Agência Senado. (…) Deputados aprovam texto principal de MP que parcela dívidas. O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27) emenda substitutiva do deputado Newton Cardoso Jr. à Medida Provisória 783/17, que concede novo parcelamento de dívidas tributárias ou não com a Receita Federal, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e a Procuradoria-Geral da União. Os deputados precisam analisar ainda os destaques ao texto. Manchete da hora da Agência Câmara. (…) STF notifica Senado sobre afastamento de Aécio do mandato. Com a chegada do ofício, senadores decidirão se submetem ordem da corte ao plenário da Casa/STF: Gilmar Mendes critica afastamento de tucano: ‘Populismo institucional’.  Manchete da hora da revista Veja online. (…) Dividido, STF permite promoção de crenças no ensino religioso nas escolas públicas. Manchete da hora da revista Isto É online. (…) Aécio e Delcídio: destinos diferentes para situações parecidas. Manchete da hora da revista Exame online. (…) A inusitada aposta da Petrobras na Bacia de Campos. A petroleira chegou a fazer uma oferta em valor 18 vezes superior à segunda melhor proposta, na 14ª rodada de licitação da ANP. Manchete da hora da revista Época online. (…) STF decide pela confessionalidade do ensino religioso nas escolas públicas. Votação foi encerrada com placar de 6 a 5. A presidente do STF, Carmem Lúcia, deu voto de minerva. Escolas ganham o aval para ministrar aulas de determinadas crenças. Manchete da hora da revista Carta Capital online. (…) Ibovespa ignora sucesso de leilões e tem maior sequência de quedas em 17 meses. Manchete da hora da InfoMoney/Bloomberg online. (…) Fux: Espera-se que Senado cumpra a decisão do STF. Já Marco Aurélio Mello afirma que a Casa pode reverter afastamento de Aécio Neves do mandato de senador. Manchete da hora do Jornal do Brasil online. (…) Aécio diz que STF impõe condenação sem julgamento; PT também critica decisão. Manchete da hora do IG Últimas Notícias. (…) Senadores devem barrar decisão de afastar Aécio. Alegação é de que a medida não está respaldada na Constituição.  Manchete da hora do UOL. (…) STF deve decidir hoje sobre Lei da Ficha Limpa para casos anteriores a 2010. Ficha Limpa impede político condenado de se candidatar por oito anos. Lei anterior prevê prazo de três anos. Manchete da hora do G1. (…) Ao contrário do PT, PSDB paulista defende afastamento de Aécio. Manchete da hora do Brasil 247. (…) Lula vetou ‘leniência’ do PT. Ao ouvir a proposta de Vaccari, ele reagiu, assim: “Tá louco?”. Manchete da hora do Diário do Poder, de Cláudio Humberto (…) Temendo ‘efeito dominó’, Senado ensaia reação a afastamento de Aécio. Manchete da hora do Blog do Camarotti. (…) Senado articula para barrar decisão do STF que suspendeu Aécio. Manchete da hora do Blog de Cristiana Lobo, em O Globo online. (…) Os especialistas da Folha de S. Bernardo. A Folha de S. Paulo consultou dois especialistas para declarar que erros materiais não invalidam os recibos apresentados por Lula. O primeiro especialista é o advogado de Renan Calheiros e, curiosamente, considerou inválidas todas as provas da JBS. O segundo especialista é coordenador do IDP, de Gilmar Mendes, e atacou o juiz Sergio Moro quando Lula foi conduzido coercitivamente para depor. Manchete da hora de O Antagonista. (…) Votação do Prêmio Congresso em Foco entra na reta final. Manchete da hora do Congresso em Foco. (…) Senado deve ter choque institucional com STF. Plenário pode desconsiderar decisão sobre Aécio. Manchete da hora do Blog do Kennedy. (…) Sem poder elevar estatura, Senado rebaixa teto. Manchete da hora do Blog do Josias. (…) Ministros do STF estimulam o Senado a afrontar decisão do… STF.. Manchete da hora do Blog do Noblat. (…)

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu