MANCHETES E EDITORIAIS DE 05.03.2024 

Governo federal busca regulamentar trabalho por aplicativo e matéria vira manchete do O Globo. Suprema Corte dos EUA decide que Trump pode disputar eleição e série de primárias hoje deve confirmá-lo como candidato republicano, destacam a Folha e o Estadão.

Manchetes do dia:

“Regulação do transporte por APP cria nova categoria do trabalho digital. Sem vínculo de emprego com plataformas, motoristas vão ter piso salarial e INSS. Ainda há impasse com entregadores.” Manchete de capa do O Globo.

“Suprema Corte decide que Trump pode disputar eleição. Decisão unânime fortalece republicano, que tenta voltar à Casa Branca.” Manchete de capa da Folha.

“Suprema Corte derruba ação para tirar Trump da eleição de novembro. Decisão impede tribunais locais de excluir ex-presidente de cédula; série de primárias hoje deve confirmá-lo como candidato republicano”. Manchete de capa do Estadão.

Editoriais do dia:

“Polícia se ressente da falta de efetivo e de integração. Radiografia das forças policiais detectou redução de quadros e deficiências em funções essenciais.” Editorial do O Globo.

“Projeto do governo para trabalho por aplicativo deixa a desejar. Proposta não contempla entregadores e carrega o ranço de uma visão ultrapassada das relações trabalhistas.” Editorial do O Globo.

“O absurdo tribunal racial. As ‘bancas de heteroidentificação’ se converteram em tribunais raciais nas universidades do País.” Editorial do Estadão.

“A farra das armas. Grau de negligência do Exército na emissão de licenças para compra de armas por CACs é inadmissível.” Editorial do Estadão.

“Navalni e o ‘vírus da liberdade’. O Ocidente precisa retribuir a coragem dos dissidentes russos integrando-os à sua segurança.” Editorial do Estadão.

“Verba de emendas deve seguir critérios técnicos. É democrático que o Congresso decida sobre o Orçamento, mas prioridade para currais eleitorais prejudica a população.” Editorial da Folha.

“O embrião do real. URV completa 30 anos; plano deu certo pois não se limitou a um lampejo criativo.” Editorial da Folha.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 04, em queda de -0,65%, a 128.341 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,14%, a R$ 4,95.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES