Cientistas descobrem objeto mais luminoso do Universo

O objeto mais luminoso já detectado foi avistado no Universo distante. Trata-se de um quasar – o núcleo brilhante de uma galáxia alimentada por um buraco negro gigantesco com cerca de 17 bilhões de vezes a massa do nosso Sol.

A potência do objeto, conhecido como J0529-4351, foi confirmada a partir de observações do telescópio VLT (Very Large Telescope) no Chile.

Em artigo publicado na revista científica Nature Astronomy, os cientistas afirmam que o buraco negro tem um apetite voraz, consumindo massa equivalente a um Sol todos os dias.

O termo quasar é usado para descrever uma galáxia com um núcleo muito ativo e energético. O buraco negro no centro dessa galáxia puxa matéria na sua direção a uma velocidade impressionante.

À medida que essa matéria é acelerada ao redor do buraco negro, ela se dilacera e emite uma enorme quantidade de luz, tão forte que até mesmo um objeto tão distante como o J0529-4351 ainda é visível para nós.

A emissão deste quasar demorou impressionantes 12 bilhões de anos para chegar aos detectores do telescópio VLT.

Tudo que se refere a esse objeto é surpreendente. Os cientistas envolvidos no estudo dizem que a energia emitida torna o quasar 500 trilhões de vezes mais luminoso que o Sol.

Sete anos-luz são cerca de 15.000 vezes a distância do Sol até a órbita de Netuno.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES