Transparência Internacional no Brasil vira alvo do STF

Por determinação do ministro Dias Tófoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), a atuação da ONG Transparência Internacional no Brasil será investigada. O magistrado quer esclarecer a destinação de verbas da Lava Jato para a ONG anticorrupção.

Segundo o portal UOL, Tófoli considera “duvidosa” a criação da ONG para gerir recursos derivados de pagamentos de multas às autoridades brasileiras. Por isso, determinou ao Tribunal de Contas da União (TCU) e à Controladoria-Geral da União (CGU) que acompanhem a investigação.

Em seu despacho, Tófoli escreve: “Tal providência faz-se necessária especialmente para investigar eventual apropriação indevida de recursos públicos por parte da Transparência Internacional e seus respectivos responsáveis, sejam pessoas públicas ou privadas”.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES