MANCHETES E EDITORIAIS DE 30.01.2024

Ação da PF contra Carlos Bolsonaro sobre Abin paralela é o destaque principal das manchetes dos jornais da grande mídia impressa. ‘Operação da PF mira núcleo político de ‘Abin paralela’ e Carlos Bolsonaro vira alvo’, diz o Estadão. “PF aponta ligação de Carlos Bolsonaro com ‘Abin paralela’”, sublinha O Globo. Por sua vez, a Folha vai de economia: “Primeiro ano de Lula 3 tem rombo de R$ 231 bilhões. Resultado é o pior desde 2020, na pandemia, e teve impacto de precatórios”.

Manchetes do dia:

“Operação da PF mira núcleo político de ‘Abin paralela’ e Carlos Bolsonaro vira alvo. Policiais apreenderam celular e computadores do filho de Jair Bolsonaro, que falou em ‘perseguição claríssima’.” Manchete de capa do Estadão.

“PF aponta ligação de Carlos Bolsonaro com ‘Abin paralela’. Assessora do vereador pediu informações sobre investigações contra família do ex-presidente.” Manchete de capa do O Globo.

“Primeiro ano de Lula 3 tem rombo de R$ 231 bilhões. Resultado é o pior desde 2020, na pandemia, e teve impacto de precatórios.” Manchete de capa da Folha.

Editoriais do dia:

“Déficit primário acende alerta sobre meta fiscal. Mesmo levando em conta ressalvas sobre precatórios e auxílio a estados, resultado ficou aquém do previsto” Editorial do O Globo.

“Combate à dengue exige ação imediata de todos os níveis de governo. Explosão de casos sugere que este ano será ainda pior que 2023, quando Brasil registrou recorde de mortes.” Editorial do O Globo.

“Um barril de pólvora no Oriente Médio. Potências envolvidas em confrontos querem evitar guerra expandida, mas estão cada dia mais próximas.” Editorial do Estadão.

“Gasto não é sinônimo de eficiência. Estudo sobre despesas com ordem pública, segurança e tribunais mostra que o País gasta muito em serviços ruins.” Editorial do Estadão.

“Alhos e bugalhos. Ignorando o fracasso dos estaleiros, Mercadante compara a indústria naval à Embraer.” Editorial do Estadão.

“A conta da gastança. O pior no megadéficit de 2023 é o avanço das despesas de caráter obrigatório.” Editorial da Folha.

“Se queres a paz. Em aceno a militares, Lula mantém gastos em Defesa, mas distorção continua.” Editorial da Folha.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 29, em queda de -0,36%, a 128.503 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,69%, a R$ 4,94.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES