Corrupção: Brasil cai 10 posições em ranking internacional que mede percepção

A Transparência Internacional divulgou, nesta terça-feira (30.01), seu Índice de Percepção da Corrupção (IPC) após avaliar 180 países. O Brasil registrou 36 pontos e caiu 10 posições, ocupando, agora, a 104ª colocação.

Quanto melhor a posição no ranking, menos o país é considerado corrupto. Entre os países da América do Sul, o Brasil ficou atrás da Argentina (37 pontos), Chile (66 pontos) e Uruguai (76 pontos).

Palácio do Planalto

O IPC mede a percepção de especialistas e empresários sobre a integridade do setor público nos países. A nota vai de zero a 100. Para ser considerado “muito íntegro”, o país precisa atingir a pontuação máxima, de 100. Quanto menor a pontuação, mais corrupta é a nação.

O país considerado menos corrupto do mundo é a Dinamarca, que atingiu 90 pontos. Por outro lado, a Somália, com apenas 11 pontos, foi considerada a nação mais corrupta.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES