MANCHETES E EDITORIAIS DE 26.01.2024 

Destaque as manchetes da grande mídia impressa desta sexta-feira, 16, diz respeito às descobertas feitas pela Polícia Federal a respeito da utilização da Abin em espionagens pessoais contra adversários do ex-presidente Bolsonaro. O Globo e a Folha dedicam suas capas ao assunto. Já o Estadão vai de política com reflexos na economia: “Lula critica a Vale e Gleisi faz defesa de Mantega; ações caem”.

Manchetes do dia:

“Lula critica a Vale e Gleisi faz defesa de Mantega; ações caem. Movimento ocorre no dia do 5.º aniversário da tragédia de Brumadinho.” Manchete de capa do Estadão.

“’Abin paralela’ fez espionagem ilegal de desafetos de Bolsonaro. STF autorizou buscas contra Ramagem, ex-diretor da agência e suspeito de integrar esquema para vigiar adversários e proteger aliados do ex-presidente.” Manchete de capa do O Globo.

“Abin fez espionagem ilegal para Bolsonaro, acusa PF. Ação mira ex-diretor, que nega malfeito; polícia diz que atual tentou abafar o caso.” Manchete de capa da Folha.

Editoriais do dia:

“Limitar trabalho aos feriados é um contrassenso. Ministério do Trabalho deveria cuidar de temas mais importantes, em vez de impor amarras ao que funciona bem.” Editorial do O Globo.

“Milei deveria ceder para preservar seu plano de equilibrar economia argentina. Ele já demonstrou disposição em negociar e, a esta altura, seu fracasso é o pior que poderia acontecer ao país.” Editorial do O Globo.

“O PT tem horror aos fatos. Chefe da Secom, Paulo Pimenta deixa claro que só está onde está para servir de arauto da mitologia petista.” Editorial do Estadão.

“Alertas de desequilíbrio fiscal. Cerca de 90% das prefeituras paulistas foram advertidas pelo Tribunal de Contas do Estado, sinal preocupante.” Editorial do Estadão.

“Às favas a boa governança. Nova indicação política para a Petrobras confirma desprezo do governo por boa gestão.” Editorial do Estadão.

“Forte e ressentido. Projeção de novo governo Trump preocupa; deterioração geopolítica teria impulso.” Editorial da Folha.

“A arena da educação. Usar o setor para disputa ideológica é desserviço de governantes e parlamentares.” Editorial da Folha.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fecha a quinta-feira, 25, em alta de 0,28%, a 129.169 pontos. O dólar terminou o dia em queda de -0,16%, a R$ 4,92.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES