Japão na Lua é mais um episódio da corrida espacial moderna

A corrida espacial está a todo vapor. Enquanto o mundo enfrenta conflitos armados em diversas regiões, chamando atenção da imprensa mundial, o Japão divulga a primeira imagem do solo da Lua feita por uma máquina japonesa.

O país é o quinto a conseguir aterrissar um módulo no satélite natural da Terra. A Agência Espacial Japonesa (Jaxa) informou que, além de conseguir fotografar, o robô foi capaz de transmitir dados, que serão analisados pelos cientistas.

O que isso importa para a humanidade? Bem, se for feito um levantamento histórico sobre o homem na Lua se perceberá que o satélite não deve apresentar grandes descobertas daquelas que o ser humano já conhece. No entanto, a nova corrida espacial não quer trazer para a Terra amostras de rochas ou qualquer outro elemento, o que está em jogo é a instalação de bases lunares capazes de servirem de lançamento para viagens ainda mais desafiadoras.

Os Estados Unidades são, claramente, a nação que, hoje, trabalha isso com um pouco mais de transparência. Além de sua agência governamental, a Nasa, há empresas privadas investindo cifras pesadas para, cada vez mais, avançarem no Universo. É o caso da SpaceX, de Elon Musk.

O sonho e o desejo de ir cada vez mais longe fascina a humanidade desde os tempos mais remotos. Mas se antes o desejo era o conhecimento, hoje também é comercial. A exploração de elementos presentes na Lua é de interesse dos governantes e empresários. E se isso será possível em um futuro bem próximo, por que não imaginar o avanço para planetas próximos como Marte?

Pode parecer conversa de sonhadores, mas a realidade se mostra cada vez mais próxima. A chegada do Japão à Lua é só mais um passo que torna essa caminhada mais curta a cada dia. E, ao contrário da política que gera guerras, na comunidade científica a colaboração e o desejo de avanço tecnológico parecem ser mais fortes que o egoísmo genuinamente humano.

Resta uma pergunta: Qual será a próxima nação e “conquistar” a Lua?

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES