MANCHETES E EDITORIAIS DE 18.12.2023

Temas nacionais e internacionais dominam as manchetes dos jornais da grande mídia impressa, nesta segunda-feira, 18. Ministério da Educação quer frear ensino à distância por meio de nova agência, diz O Globo. No Estadão, notícia de que estados mantêm tribunais militares apesar de baixa produtividade. Na Folha, destaque para a decisão do povo chileno, em plebiscito, de rejeitar uma nova Constituição mais à direita.

Manchetes do dia:

“Nova agência do MEC vai frear ensino à distância. Proposta de fiscalização prevê possibilidade de multas e até intervenção.” Manchete de capa do O Globo.

“Estados mantêm Cortes militares mesmo com baixa produtividade. TJMs custam R$ 190 mi a SP, MG e RS; órgãos não se pronunciaram.” Manchete de capa do Estadão.

“Chilenos rejeitam a nova Constituição pela segunda vez. Em plebiscito, 56% dizem não a proposta de Carta mais à direita do que o texto recusado em setembro de 2022. “. Manchete de capa da Folha.

Editoriais do dia:

“Orçamento vai a plenário repleto de distorções. Comissão mista inflou fundo eleitoral e emendas parlamentares, tirando autonomia do Executivo.” Editorial do O Globo.

“Anatel acertou ao tentar coibir os golpes financeiros com centrais 0800. Medidas adotadas são essenciais, mas não é de hoje que as fraudes se sofisticaram e saíram do controle.” Editorial do O Globo.

“Um só povo, por Lula e pelo PT. Governo lançou campanha para unificar o Brasil, mas petistas querem é unificar o País em torno de Lula.” Editorial do Estadão.

“Lições de casa para a educação brasileira. O Pisa mostra que o País foi resiliente na pandemia, mas segue atolado na zona de rebaixamento escolar.” Editorial do Estadão.

“O imbróglio do cartão de crédito. É urgente arbitrar o impasse sobre os juros e o parcelamento, papel que cabe ao BC.” Editorial do Estadão.

“O Natal de Putin. Guerra se aproxima do 2º ano no pior momento para Ucrânia desde a invasão russa.” Editorial da Folha.

“Homicídios impunes. Índice vexatório de elucidação expõe falhas da política de segurança brasileira.” Editorial da Folha.

Bolsa de Valores:

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) volta a operar nesta segunda-feira, 18, após o final de semana.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES