MANCHETES E EDITORIAIS DE 12.12.2023

O assunto que domina as manchetes dos jornais da grande mídia impressa é o do aumento da população de rua, no Brasil, que, de acordo com o Ipea, cresceu dez vezes em uma década. Entre as principais causas estão os problemas familiares, segundo Estadão e Folha, editados em São Paulo, onde o problema é bem mais grave. Por sua vez, O Globo destaca questão local do Rio de Janeiro, onde o governo Castro está acenando com a possibilidade de ir à Justiça contra juros da dívida com a União.

Manchetes do dia:

“Rio vai à Justiça contra juros da dívida com a União, diz Castro. Estado concorda em pagar, além do principal, só valores relativos a eventuais parcelas atrasadas.” Manchete de capa do O Globo.

“População de rua cresce dez vezes em uma década no Brasil. Levantamento é do Ipea; briga familiar é a causa principal.” Manchete de capa do Estadão.

“População de rua no Brasil aumenta dez vezes desde 2013. Principais causas são problemas familiares, econômicos e de saúde, especialmente mental, de acordo com o Ipea.” Manchete de capa da Folha.

Editoriais do dia:

“Plano econômico de Milei aponta na direção certa. Pode haver certo exagero ou voluntarismo, mas as ideias do novo presidente têm base na realidade.” Editorial do O Globo.

“Pacote aprovado na Câmara é avanço no combate à violência contra a mulher. Medidas incluem protocolo para bares e casas noturnas e aumento das penas para agressões diante de pais e filhos.” Editorial do O Globo.

Sinceridade petista. Alinhada ao que pensa Lula, cúpula do PT diz que partido não terá voto se governo economizar dinheiro.” Editorial do Estadão.

Censura sempre à espreita. Decisão da Justiça do MA explicita a sofrível compreensão da liberdade de imprensa de muitos juízes.” Editorial do Estadão.

Sabatina exótica. Sabatina simultânea de Dino e Gonet pode se prestar a tudo, menos a atender ao interesse público.” Editorial do Estadão.

“Delírios petistas. Não convém que só Haddad defenda racionalidade ante teses tresloucadas da sigla.” Editorial da Folha.

“PM problemática. Projeto que regula polícias e aguarda sanção de Lula tem lacunas e gera dúvidas.” Editorial da Folha.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 11, em queda de 0,14%, a 126.916 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 0,18/%, a R$ 4,94.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES