MANCHETES E EDITORIAIS DE 25.10.2023

Os temas das manchetes da grande mídia impressa, nesta quarta-feira, 25, são totalmente diversos. O Globo destaca o aumento dos bombardeios de Israel em Gaza, embora haja impasse sobre a invasão do território palestino. A insegurança no Rio é realçada pelo Estadão, que adianta estar o Planalto idealizando usar mais militares na segurança carioca. A Folha veicula em sua manchete pesquisa a indicar que sobrecarga, ansiedade e insatisfação estão onerando as mulheres. Enfim, o Valor Econômico tem como destaque o significado que juros, câmbio e incertezas econômicas devem ter sobre os balanços do 3º trimestre.

Manchetes do dia:

“Israel intensifica bombardeios em Gaza e vive impasse sobre invasão. Cúpulas militar e política do país divergem sobre o momento da incursão por terra.” Manchete de capa do O Globo.

“Planalto planeja usar mais militares na segurança do Rio. Lula, porém, descarta nova intervenção federal, como a de 2018.” Manchete de capa do Estadão.

“Sobrecarga, ansiedade e insatisfação oneram mulheres, diz estudo. Para 86%, há excesso de responsabilidades, e 48% sentem pressão financeira; especialistas veem risco à saúde mental.” Manchete de capa da Folha.

“Juros, câmbio e incertezas econômicas devem afetar balanços do 3º trimestre. A expectativa é que altas do minério de ferro e do petróleo sustentem resultados de empresas ligadas às commodities, como Vale e Petrobras.” Manchete de capa do Valor Econômico.

Editoriais do dia:

“Retorno de indicações políticas na Petrobras representa retrocesso. Mudança no estatuto deteriora a governança da estatal ao tornar postos de comando objeto de barganha.” Editorial do O Globo.

“Rio carece de nova estratégia para segurança. Governo tem procurado agir, mas medidas adotadas não têm sido suficientes contra crime organizado.” Editorial do O Globo.

Mudanças abrirão caminho a loteamento da Petrobras. Como o passado mostra, em vez de ampliar sua base, o governo estará contratando imensos problemas.” Editorial do Estadão.

O bom combate à corrupção. Relatório da OCDE critica a decisão de Toffoli, mas é preciso apontar também os erros do MP e da polícia.” Editorial do Estadão.

Hora da prudência. Na Argentina, Lula não deve confundir seus desejos pessoais com questões de Estado.” Editorial do Estadão.

“Rio em chamas. Caos inaudito é mais uma prova da falência da política de segurança das autoridades fluminenses.” Editorial da Folha.

“Mais controle. Deve-se melhorar coleta de dados e fiscalização para dirimir fraudes com recursos do Fundeb.” Editorial da Folha.

“Mudanças abrirão caminho a loteamento da Petrobras. Como o passado mostra, em vez de ampliar sua base, o governo estará contratando imensos problemas.” Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira, 24, em alta de 0,87%, a 113.762 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,30%, a R$ 5,02.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES