GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 21.12.2022

Categoria Sinopse 3

Câmara aprova em 1º turno versão desidratada da PEC. Servidores da Câmara e do Senado terão reajuste salarial. . Esses são os destaques da GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 21.12.2022

*Manchetes do dia*:

“Câmara aprova em 1º turno versão desidratada da PEC. Acordo limitou prazo a um ano e contornou proibição do Orçamento Secreto” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Lula e Lira fazem acordo sobre emendas; PEC passa no 1º turno. Acerto envolve redistribuição de verba do orçamento secreto” *Manchete de capa do Estadão*.

“Deputados aprovam formato desidratado da PEC a Gastança. Texto passa em primeiro turno, com validade de um ano e R$ 10 bi em emendas de relator” *Manchete de capa da Folha*.

“Câmara aprova PEC que libera gastos por um ano. Acordo entre Lula e Lira reduziu à metade o prazo, mas garantiu R$ 193,7 bilhões ao governo..” *Manchete de capa do O Globo*.

“Servidores da Câmara e do Senado terão reajuste salarial. O Congresso Nacional aprovou, ontem à noite, um aumento nos vencimentos para os funcionários das duas casas legislativas. “ *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“PEC da Transição avança, mas com prazo reduzido.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

“Em leilão de lance único, Corsan é vendida com ágio de 1,15%.”*Manchete de capa do Zero Hora*.

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Cabral em casa. Libertação do ex-governador ilustra abusos da Lava Jato e problema da impunidade”

“Acordo em Montreal. Tratado da biodiversidade ganha metas globais, mas carece de efeito vinculante.”

_*O GLOBO*_.

“Onda de reajustes ao funcionalismo já marca novo governo. Aumentos para parlamentares, governadores, presidente e ministros do STF desencadeiam efeito cascata.”

“Inflação global em queda não aliviará aperto monetário. Bancos centrais reduzem ritmo de alta nos juros, mas incertezas deverão manter política restritiva”

*ESTADÃO*_

“Gritante inconstitucionalidade. Nas decisões sobre o orçamento secreto e o Bolsa Família fora do teto, o STF protegeu o Congresso.”

“A herança maldita do setor elétrico. Maior parte do prejuízo que deve pressionar a conta de luz se deve a razões pouco republicanas”

“Lula esbarra na realidade. Indicadores mostram aperto nos próximos anos, complicando o crescimento prometido por Lula”

_*VALOR ECONÔMICO*_.

“Ruídos políticos do futuro governo afetam os leilões. A combinação de mensagens do futuro governo acentuou as dúvidas em relação às políticas que serão adotadas”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 2,03%, a 106.864 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de 1,90%, a R$ 5,21.

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1146 – Ano IV – Sérgio Botêlho

Compartilhe este artigo:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Zoom-+=