GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 12.10.2022

Categoria Sinopse 1

FMI: Brasil crescerá menos que a média mundial em 2023. Lira manobra para votar criminalização de pesquisas. Esses são os destaques da GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 12.10.2022

*Manchetes do dia*:

“FMI: Brasil crescerá menos que a média mundial em 2023. PIB do país deve ter alta de 2,8% este ano, e de 1% no ano que vem.’. *Manchete de capa do O Globo*.

“Brasil tem deflação pelo 3º mês seguido; taxa anual é de 7,17%. Índice de inflação foi negativo em 0,29% em setembro” *Manchete de capa do Estadão*.

“Lira manobra para votar criminalização de pesquisas. Medida de presidente da Câmara por censura encontra resistência e é adiada” *Manchete de capa da Folha*.

“Pacheco e Lira contra mudanças no Supremo. ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Bolsonaro volta a BH para culto evangélico.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

IPCA cai pelo terceiro mês seguido no país e na Grande Porto Alegre.”*Manchete de capa do Zero Hora*.

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Golpes baixos. Debate da campanha presidencial é ofuscado por enxurrada de insultos grosseiros.

“Agricultura e natureza. IBGE aponta recuo florestal em duas décadas, na contramão da agenda do clima”

_*O GLOBO*_. 

“FMI recomenda prudência diante dos riscos que ameaçam economia. Fundo elevou sua expectativa de crescimento do Brasil em 2022, mas perspectiva para 2023 é sombria”

“Ampliar o STF equivale a sabotar regime democrático. Da Hungria à Venezuela, medida caracteriza maiores retrocessos contemporâneos da democracia”.”

*ESTADÃO*_

“Não foi só a PEC Kamikaze. Feroz crítico da gastança petista, mercado parece indiferente ao caráter perdulário do Centrão.

“Um país hostil ao crescimento. Sem controle da inflação e sem reformas, Brasil está condenado a voos de galinha.”

“Debate deixa SP em segundo plano. Tarcísio e Haddad se deixam pautar por Bolsonaro e Lula, esquecendo-se de que não disputam o Planalto.”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira, 11, em queda de -0,965, a 114.827 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,54%, a R$ 5,27.

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

 

Compartilhe este artigo:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Zoom-+=