Hipismo, nado artístico e rugby feminino coroam o domingo dourado em Assunção

COB

Cavaleiros da equipe de saltos vencem e levam vaga no Pan; nado enche piscina de brilho samba, e Yaras dominam

O hipismo brasileiro, que já havia conquistado duas medalhas de ouro no adestramento, desta vez brilhou na prova de saltos. Neste domingo, 9 de outubro, o quarteto brasileiro, formado por Guilherme Foroni, José Roberto Reynoso, Marcello Ciavaglia e Stephan Barcha (e Fabio Grillo como reserva) teve um desempenho impecável e não deu chances aos adversários. De quebra, conquistou o ouro e garantiu uma vaga para os Jogos Pan-americanos Santiago 2023. Argentina e Chile foram medalhas de prata e bronze, respectivamente.

Última a se apresentar no percurso, a equipe brasileira foi ainda melhor do que na primeira passagem, quando não havia derrubado obstáculos, mas havia estourado o tempo em 30 centésimos, recebendo uma falta. “Foi muito satisfatório. Virei (na classificação) em primeiro no individual. Esta segunda-feira será um dia mais tranquilo para os cavalos, depois de terrem saltado dois dias. Agora é lutar na final individual”, afirmou Barcha. 

O nado artístico brasileiro mais uma vez brilhou em Assunção. O conjunto formado por Ana Beatriz Nunes, Anna Giulia Veloso, Celina Rangel, Gabriela Teixeira, Julia Catharino, Laura Micucci, Luiza Rodrigues, Luiza Santos e Vitória Casale, ao som do samba brasileiros, encantou o público presente no Centro Aquático Nacional e faturou a medalha de ouro. “Nossa nota foi excelente. Estar na casa dos 80 é fundamental e hoje conseguimos 81.6. Foi nossa melhor nota nesta temporada”, comemorou Jullia Catharino.

A rotina mostrada neste domingo pelas brasileiras havia sido apresentada como highlight (prova não olímpica, mais curta do que a livre) no último Campeonato Mundial de Budapeste, em junho deste ano. Com ela, as brasileiras chegaram à final daquele evento. A modalidade, assim, se despede dos Jogos com duas medalhas de ouro, já que no sábado (8) Julia Catharino e Laura Micucci venceram a prova de duetos.

No rugby sevens, as Iaras, como carinhosamente são conhecidas as integrantes da seleção brasileira feminina, derrotaram o Paraguai na final por 17 a 5 e conquistaram a medalha de ouro. “É muito treino, muita dedicação, o resultado é esse aí”, comemorou Thalia da Costa, um dos grandes destaques da equipe.

Por fim, no encerramento do esqui aquático nos Jogos, os brasileiros Mariana Nep e Pedro Lucas Pedroso conquistaram a medalha de bronze na prova de wakeboard.

Outros resultados

Handebol – A seleção feminina, com 100% de aproveitamento na competição, conseguiu mais uma vitória, desta vez sobre o Chile, pelo placar de 33 a 13. Com o resultado, o Brasil vai enfrentar a Argentina nesta segunda-feira, 10, na disputa pela medalha de ouro. “Ganhamos todos os jogos, mas agora é esquecer tudo o que passou e focar em vencer a Argentina e conquistarmos esse ouro”, disse a goleira Jéssica, após a vitória sobre as chilenas.

Tênis de mesa – Na abertura da modalidade, o Brasil estreou com sete triunfos. Vitórias de Caroline Kumahara, Victoria Strassburger e Beatriz Kanashiro, pelo individual feminino; Guilherme Teodoro, Rafael Turrini e Carlos Hishida, no individual masculino; e de Rafael Turrini e Victoria Strassburger, nas duplas mistas. Todos avançaram para as oitavas-de-final.

Boxe – No feminino, Tatiana Chagas (categoria até 54kg) derrotou Maria Jose Henao, da Colômbia, e vai disputar a medalha de ouro; no masculino Luiz Gabriel Oliveira (até 57kg) e Wanderson Oliveira (até 71kg) venceram em suas categorias e avançaram para as semifinais.

Tiro esportivo – Ao fim do primeiro dia de competições, do tiro ao prato, Priscila Campos lidera a classificação no feminino. No masculino, Jaison Santin também está na 1ª posição enquanto Hussein Daruich é o 6º colocado.

Hóquei sobre grama – Pela semifinal do torneio masculino, a equipe brasileira foi superada pela Argentina pelo placar de 8 a 0. Com isso, vai disputar a medalha de bronze, na terça-feira, dia 11.

Boliche – Bruno Costa e Marcelo Suartz (duplas masculinas) e Roberta Camargo e Stephanie Martins (duplas femininas) finalizaram o primeiro dia de competições da modalidade na 4ª colocação.

Xadrez – Os brasileiros Marina Miranda, no feminino, e Natha Filgueiras, no masculino, terminaram a competição de xadrez na 10ª colocação.

Crédito da foto: Miriam Jeske/COB

Edição do Anexo 6: Sérgio Botêlho, com informações do Comitè Olímpico Brasileiro

Compartilhe este artigo:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Zoom-+=