GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 04.10.2022

Categoria Sinopse 1

Lula espera apoio de Ciro e Tebet; Bolsonaro tenta fechar com Zema. Bolsonaro antecipa pagamento de Auxílio; Lula busca o centro. Esses são os destaques da GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 04.10.2022

*Manchetes do dia*:

Lula espera apoio de Ciro e Tebet; Bolsonaro tenta fechar com Zema. Novo aliados são considerados estratégicos pelas duas campanhas para ampliar votação’. *Manchete de capa do O Globo*.

“Bolsonaro antecipa pagamento de Auxílio; Lula busca o centro. Presidente anuncia pacote de bondades; petista quer apoio de Tebet” *Manchete de capa do Estadão*.

“Resultado do primeiro turno anima mercados domésticos. Ibovespa dispara e exibe o melhor desempenho diário desde abril de 2020, enquanto o dólar se afasta dos R$ 5,40 observados na semana passada abruptamente e recua 4,07%, para R$ 5,1746.” *Manchete de capa do Valor Econômico*.

“Por voto, governo acelera Auxílio Brasil e planeja 13º. Bolsonaro avalia pagamento extra a mulheres sem prever de onde virá recurso” *Manchete de capa da Folha*.

“Damares admite disputar a Presidência do Senado. Fenômeno eleitoral que emergiu das urnas do DF no último domingo, Damares Alves já projeta seu mandato no Senado Federal a partir de 2023. . ” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Em busca de mais apoios.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

Equipe de Lula busca apoio de Ciro, e Bolsonaro quer reforço em Minas.”*Manchete de capa do Zero Hora*.

Estado retoma autonomia do Porto de Suape.” *Manchete de capa do Diário de Pernambuco*.

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Pouso tucano. Após 28 anos de mais acertos do que erros, PSDB dará adeus ao governo paulista.

“Economia eleitoral. Debate do 2º turno deveria reconhecer avanços recentes e dificuldades imediatas.”

_*O GLOBO*_. 

“Congresso menos fragmentado representa avanço. Partidos maiores e mais fortes facilitam governabilidade. Desafio será lidar com orçamento secreto”

“Ocaso do PSDB reflete esvaziamento do centro político pela polarização. Partido que governou país encolhe no Congresso, perde reduto paulista e se torna uma legenda periférica.”

*ESTADÃO*_

“A onda reacionária. O relativo sucesso do bolsonarismo nas urnas nada tem de conservador, é só reacionário.

“A ferida aberta do Carandiru. Passados 30 anos do massacre, há quem queira autorizar por lei os abusos do Estado.”

“Eleição desmoraliza o golpismo. Funcionamento das urnas desacredita discurso golpista, e votação sem incidentes mostra civismo.”

_*VALOR ECONÔMICO*_. 

“2º turno tende a reordenar apoios de Lula e Bolsonaro. Na euforia, mercados não levaram em consideração a perda de controle orçamentário e a baixa propensão à austeridade do Congresso eleito.”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 03, em alta de 5,54%, a 116.134 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -4,10%, a R$ 5,17.

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1146 – Ano IV – Sérgio Botêlho

Compartilhe este artigo:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Zoom-+=