GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 16.07.2022

Categoria Sinopse 3

Polícia conclui que assassinato de petista foi crime comum. Juro real sob Bolsonaro é o mais alto desde Dilma. Esses são os destaques da GRANDE MÍDIA IMPRESSA DE 16.07.2022

*Manchetes do dia*:

“Polícia conclui que assassinato de petista foi crime comum. PT insiste na tese de crime político e pede federalização do caso” *Manchete de capa do Estadão*.

“Juro real sob Bolsonaro é o mais alto desde Dilma. Indicador chega a 8,5%, um ponto abaixo do registrado na crise que culminou em impeachment, e tendência é subir.” *Manchete de capa da Folha*.

“Escolaridade do eleitorado avança: 26,3% têm ensino médio. Número de registrados para votar é recorde, 156,4 milhões, e mulheres formam a maioria.” *Manchete de capa do O Globo*.

“Família de petista assassinado pede que MP reabra investigação.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“Só metade da população de BH se vacinou contra a gripe.” *Manchete de capa do Estado de Minas*.

“RS prepara início da vacinação contra covid em crianças de três a cinco anos. *Manchete de capa do Zero Hora*.

“Foz de Iguaçu. Polícia conclui que assassinato não foi político. *Manchete de capa do Diário de Pernambuco*.

[maxbutton id=”6″ ]

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Retrocesso militar. Questionamentos das Forças Armadas sobre segurança das urnas eletrônicas são inaceitáveis”

“Senado envenenado. Pacheco, acumpliciado com ruralistas sem freios, passa a boiada contra o ambiente.”

_*O GLOBO*_. 

“Reduzir miséria e mal-estar é desafio do próximo governo. Medidas eleitoreiras serão incapazes de reverter retrocesso na qualidade de vida dos pobres sob Bolsonaro.”

“Telescópio Espacial James Webb é vitória da Ciência — e obra de arte. Imagens estonteantes do Cosmo mostram que correr riscos é essencial para o avanço do conhecimento.”

*ESTADÃO*_

“A apatia que destrói o País. Quando se trata da deterioração da ordem constitucional, não há polarização, não há oposição. Bolsonaro e oposição atuam juntos para avacalhar a Constituição. O País precisa reagird”

“Insegurança atrasa a educação. É inaceitável que, como mostra o IBGE, quase 1/5 dos alunos do 9º ano do fundamental falte à aula, nas redes pública e privada das capitais, pela violência no trajeto para a escola.” 

“Economia em modo de espera. Atividade perde impulso em abril e maio e pode reagir, mas há muita incerteza sobre inflação, juros e contas públicas.”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 0,45%, a 96.551 pontos. O dólar terminou o dia em baixa de -0,02%, a R$ 5,40.

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse Anexo 6 edição 1146 – Ano IV – Sérgio Botêlho

Compartilhe este artigo:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Zoom-+=