Assassinato de líder petista no Paraná: Lira repudia violência política

Arthur Lira

Diante de assassinato político no Paraná, presidente da Câmara, Arthur Lira, divulga nota em que repudia violência decorrente de manifestações políticas 

“A democracia pressupõe o amplo debate de ideias e a garantia da defesa de posições partidárias”, disse Arthur Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), divulgou nota na qual repudia quaisquer atos de violência decorrentes de manifestações políticas. Ontem, o tesoureiro do PT no Paraná, Marcelo Aloízio de Arruda, foi assassinado a tiros na comemoração de seu aniversário por Jorge José da Rocha Guaranho, um policial simpatizante do presidente Jair Bolsonaro.

A festa tinha como tema o ex-presidente Lula e, segundo a imprensa, Guaranho invadiu o evento proferindo palavras de ordem como “Aqui é Bolsonaro” e “Lula ladrão”.

Lira pediu respeito à democracia e à garantia da defesa de posições partidárias. “A Câmara dos Deputados repudia qualquer ato de violência, ainda mais decorrente de manifestações políticas. A democracia pressupõe o amplo debate de ideias e a garantia da defesa de posições partidárias, com tolerância e respeito à liberdade de expressão”, disse Lira.

“A campanha eleitoral está apenas começando. Conclamo a todos pela paz para fazer nossas escolhas políticas e votar nos projetos que acreditamos. Esta é a premissa de uma democracia plena e sólida, como a nossa”, afirmou o presidente por meio de suas redes sociais.

As lideranças da Oposição e da Minoria também divulgaram nota conjunta repudiando o assassinato e a violência política. “Esperamos que o crime que tirou a vida de Marcelo Arruda seja o último desse tipo que testemunhamos no Brasil”, assinam os líderes.

Edição do Anexo 6: Sérgio Botêlho, com informações da Agência Câmara

Compartilhe este artigo:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Zoom-+=