2 em cada 3 policiais assassinados são negros; família de João Alberto pede justiça; a década perdida no Rio; 6,8 milhões de testes de vacina podem ir para o lixo

*2 em cada 3 policiais assassinados são negros; família de João Alberto pede justiça; a década perdida no Rio; 6,8 milhões de testes de vacina podem ir para o lixo*. Esses são destaques da grande mídia impressa, neste domingo, 22 de novembro de 2020. Veja na *sinopse do noticiário*.

*BIRÔ DE IMPRENSA*, Ano III, Nº 743, de 22.11.2020

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

📃 *Manchetes do dia*:

“São negros dois em cada três policiais assassinados no país. Agente pertencem ao grupo demográfico de vítimas de crimes violentos e atuam na linha de frente” *Manchete de capa da Folha*.

“Família de João Alberto pede justiça. Homem negro espancado até a morte por seguranças do Carrefour, em Porto Alegre, deixa mulher e quatro filhos.” *Manchete de capa do Correio Braziliense*.

“A década perdida do Rio. Alemão retrata fracasso social e na segurança” *Manchete de capa do O Globo*.

“Saúde pode ter de jogar no lixo 6,8 milhões de testes de covid Kits perdem validade entre dezembro e janeiro e não foram distribuídos para o SUS, que fez 5 milhões de exames até agora. Exames para a covid-19 estão armazenados em Guarulhos; responsabilidade pelo prejuízo vira jogo de empurra entre o Ministério da Saúde, de um lado, e Estados e municípios, do outro.” *Manchete de capa do Estadão*.

 *Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

°”Segunda rodada. Datafolha mostra vantagem de Covas sobre Boulos; há chance de debate racional.” 

°”Pela diversidade. Eleição trouxe avanços modestos para presença de negros e mulheres na política.”

_*O GLOBO*_

°”Um clamor pelo combate ao racismo. Tragédia de João Alberto deveria despertar o país da letargia para um exame de consciência.” 

_*ESTADÃO*_

°”Não é hora para aventuras. O momento delicado que vive nossa metrópole demanda um prefeito com alguma experiência e os pés no chão. Bruno Covas mostrou essas qualidades..”

°”O Supremo e a pandemia. O STF não transigiu com agressões a direitos e garantias fundamentais.” 

°”O risco de uma geração. Milhões de jovens podem abandonar os estudos por falta de amparo na pandemia.” 

°”Os ganhos com a digitalização dos serviços públicos. Como mostrou reportagem do Estadão, hoje são mais de 84 milhões de brasileiros que utilizam os serviços digitais por meio do endereço gov.br” 

_*CORREIO BRAZILIENSE*_

°“A importância do meio ambiente. Pela oitava vez consecutiva, o Brasil fechará o ano com as contas no vermelho.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


    Inscreva-se
    Notifique-me de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments