Dia Internacional da Mulher, Previdência e economia são destaques da mídia nesta sexta

📰 Birô de Imprensa – Ano 2 – Número 118

🖋Edição: Sérgio Botêlho

📅 A 298 dias do fim do ano de 2019, hoje é sexta-feira, 08 de março de 2019, 67º dia do ano. Hoje é Dia Internacional da Mulher.

🌩 Livre pensar: O homem que se julga superior à mulher o faz por fragilidade, e, não, por convencimento. (SB)

📊 Mercado: Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quinta-feira, 07, em alta de 0,13%, a 94.30 pontos. O dólar também fechou o dia em alta de 1,38%, a R$ 3,89. O euro também fechou em alta de 0,55%, a R$ 4,36.

🎭 Carnaval:

“Ao longo de pelo menos quatro décadas de olhar atento aos desfiles, aprendi com o carnaval muitas histórias — contadas ou não — nos livros escolares. Nenhuma delas se relacionou com o vídeo chulo compartilhado por um presidente da República.” Artigo de Flávia Oliveira, com chamada de capa, no O Globo.

🎭 Carnaval:

“Chuva ácida. Além da Mangueira, como falar de outra coisa? Como o vídeo chegou a Bolsonaro? Por um filho, um ministro, um assessor? Quem foi o gênio que lhe deu a brilhante ideia de postar?” Na coluna de Nelson Motta, no O Globo.

🎭 Carnaval:

“Cena obscena postada por Bolsonaro gera manifesto. Uma produtora de conteúdo pornográfico divulgou ontem um manifesto em que diz que acena divulgada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, tratava-se de uma performance de dois de seus integrantes.” No O Globo.

🏙️ Cidades:

“Corujão da Saúde em SP planeja 155 mil exames. Versão paulista do programa vai começar por Grande SP e pelas regiões de Campinas e do Vale do Paraíba.” Na capa do Estadão.

🏙️ Cidades:

“Desacelera, São Paulo. Covas e Doria errarão se renovarem o incentivo ao transporte individual, SP precisa é freio nessa preferência irracional.” Editorial da Folha.

💲Economia:

“Presidente defende imposto de importação sobre a banana. Presidente promete acabar com ‘fantasma da importação’ da fruta, o que atende a pedidos de produtores da região do Vale do Ribeira (SP). Medida protecionista poderia beneficiar amigos.” Na capa do O Globo.

💲Economia:

“Informalidade no mercado de trabalho cresce mais em estados de maior renda. ES, SP e RJ registram mais que o dobro de expansão do que a média nacional entre 2016 e 2018.” Na Folha.

💲Economia:

“Russos querem mudar edital da Norte-Sul. A gigante russa RZD, que opera 85 mil quilômetros de trilhos e vem estudando há quatro anos sua entrada no Brasil, está a um passo de desistir do leilão da Ferrovia Norte-Sul. A empresa ficou insatisfeita com os termos do edital e levou ao governo um pedido de mudança nas regras estabelecidas.” Na capa do Valor Econômico.

🇧🇷 Governo federal:

“Ministro cita posse para justificar gasto com cartão. Em pronunciamento numa rede social, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, citou ontem a posse presidencial, em 1.º de janeiro, como justificativa para a alta de 16% nas despesas com cartão corporativo da Presidência. Conforme publicou o Estado, a despesa nos dois primeiros meses do ano chegou a R$ 1,1 milhão.” No Estadão.

🇧🇷 Governo federal:

“A árdua missão de Cristina nos EUA. Após os esforços fracassados de seu antecessor Blairo Maggi, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, viaja no dia 17 a Washington com a difícil missão de reabrir o mercado americano para a carne bovina in natura brasileira, fechado há quase dois anos por razões sanitárias.” Na capa do Valor Econômico.

🌐Internacional:

“Tensão em alta enquanto Guaidó e Maduro convocam manifestações. Sábado será dia de atos políticos na Venezuela, que tendem a desgastar ainda mais o regime bolivariano.” Editorial do O Globo.

🌐Internacional:

“Forças sírias retomam último reduto do EI. Em retirada. Desde sábado, cerca de 10 mil pessoas abandonaram o vilarejo de Baghuz, na Síria; conquista da coalizão internacional marcaria fim do califado, embora muitos combatentes tenham se escondido no deserto ou entrado na clandestinidade.” Na capa do Estadão.

🌐Internacional:

“Alguns superestimaram a possibilidade da queda de Maduro. Esperam nocaute numa luta a ser ganha por pontos.” Na coluna de Fernando Gabeira, com chamada de capa no Estadão.

🌐Internacional:

“Há consenso quanto a aprofundar relações com os EUA. As dúvidas: alinhamento automático? Brasil caudatário dos EUA?” Na coluna de Eliane Catanhêde.

🌐Internacional:

“Itaipu gera disputa entre Brasil e Paraguai. Acordo de contratação de energia ainda é um impasse entre os dois países; revisão pode provocar aumento de 40% na tarifa do país vizinho.” Na capa do Estadão.

🌐Internacional:

“Mulher trans funda mesquita para acolher muçulmanos LGBTQ. Grupo em Chicago defende direito de exercer fé fora do armário e sem medo.” Na Folha.

🌐Internacional:

“Dia da Mulher na Argentina mesclará feminismo e protestos antigoverno. Em ano eleitoral, marchas serão espécie de julgamento das mulheres sobre Macri, diz ativista.” Na Folha.

🌐Internacional:

“BCE retoma a política de estímulo à economia. Desaceleração da economia maior que a esperada obrigou o Banco Central Europeu (BCE) a dar guinada em sua política monetária. O comando da instituição decidiu que voltará a oferecer crédito barato aos bancos da região. Além disso, adiou para 2020 o aumento da taxa de juros.” Manchete do Valor Econômico.

🕵Investigações:

“Ex-candidata do PSL reforça denúncia contra ministro. Ex-assessor de Marcelo Álvaro Antônio teria condicionado repasse a devolução.” Manchete de capa do O Globo.

🕵Investigações:

“Em 5 anos de Lava-Jato, sentenças já somam 2.200 anos de prisão”. Na revista Época, com chamada de capa no O Globo.

🕵Investigações:

“Justiça atesta que Adélio tem ‘transtorno delirante’. Laudo oficial afirma que autor de atentado contra Bolsonaro em Minas é considerado altamente perigoso.” No O Globo.

🕵Investigações:

“Ex-presidente da Transpetro é denunciado por corrupção e lavagem.” No O Globo.

🕵Investigações:

“Para Planalto, laranjas têm deixado ministro do Turismo em situação insustentável. Crise já levou a queda de Gustavo Bebianno da Secretaria-Geral da Presidência.” Na Folha.

🕵Investigações:

“Ministro do Turismo diz que candidata do PSL mente ao dizer que ele a convidou para ser laranja. Zuleide Oliveira afirma que proposta foi feita no gabinete do parlamentar e hoje chefe do Turismo.” Na Folha.

🕵Investigações:

“Candidata do PSL diz que assessor de ministro propôs cheque em branco em hotel. Outra postulante a deputado federal em MG presta depoimento sobre desvios em campanha eleitoral.” Na Folha.

🕵Investigações:

“Ministro do Turismo manda advogado desistir de recurso no Supremo.” No Painel, da Folha.

🕵Investigações:

“Sombra no ministério. Titular do Turismo deve explicações sobre laranjas; suspeitas se reforçam com entrevista de candidata a este jornal.” Editorial da Folha.

⚖️Justiça:

“Destino de verba recuperada vira alvo de disputa. Ministros da Corte reagem a iniciativas dos procuradores da Operação Lava Jato sobre o dinheiro recuperado de corrupção na Petrobrás.” Na capa do Estadão.

Política:

“Bolsonaro: ‘Há democracia quando as Forças Armadas querem’. Após repercussão negativa de discurso do presidente em cerimônia na Marinha, integrantes do governo dizem que declaração foi mal interpretada; para ministro do GSI, houve tentativa de distorcer a frase.” Na capa do O Globo.

Política:

“Democracia depende de militares, diz Bolsonaro. A declaração, a fuzileiros navais, provocou polêmica; integrantes do governo afirmam que foi mal interpretada.” Manchete de capa do Estadão.

Política:

“Presidente no Rio. O presidente Jair Bolsonaro disse que vai governar ao lado “daqueles que defendem a família”. Em cerimônia no 1º Distrito Naval, no Rio, afirmou que democracia e liberdade só existem quando as Forças Armadas querem. Mais tarde, pelo Facebook, disse que sua fala foi mal interpretada.” Na capa do Valor Econômico.

Política:

“Os tropeços de Jair Bolsonaro começaram a abalar a confiança de grandes investidores nacionais em sua gestão, o que ampliou a sensação do Congresso de que ou o presidente se rende a um pacto político, ou terá de se habituar com a ideia de levar o mandato aos trancos e barrancos.” No Painel, da Folha.

Política:

“Frase de Bolsonaro revela incompreensão da Constituição. O presidente Jair Bolsonaro disse ontem que “democracia e liberdade só existem quando a sua respectiva Força Armada assim o quer”. A frase revela uma incompreensão do papel dos militares e da Constituição, que ele prometeu cumprir ao tomar posse. Na coluna de Bernardo Mello Franco, com chamada de capa, no O Globo.

Política:

“Não falta trabalho para Jair Bolsonaro. Em vez de disparar tuítes para animar militantes, presidente tem de cumprir promessas feitas.” Editorial do O Globo.

Política:

“Mourão evita embate após críticas de Olavo. Vice-presidente reage com bom humor à pergunta se ele se incomoda com os ataques do guru intelectual dos bolsonaristas nas redes sociais. “Beijinhos, pô”, diz ele, em resposta.” No O Globo.

Política:

“Quebrando louças. Vai mal um país cujo presidente claramente não entende qual é seu papel, especialmente quando não consegue dominar os pensamentos que, talvez, lhe venham à mente.” Editorial do Estadão, com chamada de capa.

Política:

“Bolsonaro toca corneta para reorganizar apoio militar ao governo. Presidente quis beber na fonte de poder dos militares, mas se afoga ao rebaixar democracia.” Na coluna de Bruno Boghossian, na Folha.

Política:

“Após vídeo obsceno no Carnaval, Bolsonaro muda foco da comunicação na internet. Plano é consultar equipe de comunicação antes de comentar polêmicas.” No Painel, da Folha.

Política:

“Governo precisa criar novos laços com o Congresso. Rodrigo Maia, presidente da Câmara, disse que Bolsonaro complica as coisas ao menosprezar os políticos.” Editorial do Valor Econômico.

📦 Previdência:

“Presidente assume nas redes defesa da reforma da Previdência. O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, começou a negociar com o governo o andamento da reforma da Previdência dentro do Congresso. Ele disse a interlocutores, entre eles o ministro da Economia, Paulo Guedes, que, se o governo não assumir uma posição proativa nas negociações parlamentares, não será possível aprová-la.” Na coluna de Merval Pereira, com chamada de capa, no O Globo.

📦 Previdência:

“Se permanecer no campo extremamente polarizador, Bolsonaro terá dificuldade para aprovar a reforma da Previdência.” Artigo de Fernando Dantas, com chamada de capa no Estadão.

📦 Previdência:

“O governo e o Congresso. É imprescindível a aprovação da reforma da Previdência. Esquivar-se da articulação é senda larga para o fracasso.” Editorial do Estadão, com chamada de capa.

📦 Previdência:

“Serra quer que Guedes abra cálculos da reforma. O tucano José Serra (SP) protocolou requerimento ao ministro da Economia, Paulo Guedes, solicitando a memória de cálculo (discriminação detalhada) da proposta de reforma da Previdência.” Na Coluna do Estadão.

📦 Previdência:

“Guedes quer acelerar cobrança de grandes devedores da Previdência. Dívida é de R$ 490 bilhões mas a estimativa é a de que R$ 160 bilhões possam ser recuperados.” Na Folha.

📦 Previdência:

“Bolsonaro diz esperar que congressistas não ‘desidratem’ a reforma da Previdência. Presidente também manifestou preocupação com a concorrência desleal das bananas do Equador.” Na Folha.

📦 Previdência:

“Meta de R$ 1 tri é inegociável, diz secretário. Para assegurar economia de R$ 1 trilhão em dez anos, o secretário de Previdência Social, Leonardo Rolim, disse que toda concessão feita no Congresso para garantir a aprovação da reforma terá de ser compensada.” Na capa do Valor Econômico.

“⚔Política:

“Bolsonaro: ‘Há democracia quando as Forças Armadas querem’. Após repercussão negativa de discurso do presidente em cerimônia na Marinha, integrantes do governo dizem que declaração foi mal interpretada; para ministro do GSI, houve tentativa de distorcer a frase.” Na capa do O Globo.

👥 Sociedade:

“Um espaço de debate sobre mulheres. O Globo lança Celina, plataforma de debates e reportagens sobre as questões de mulheres, gênero e diversidade, com conteúdo que trará multiplicidade de vozes.” Na capa do O Globo.

👥 Sociedade:

“Primeira eleitora do Brasil, Celina Guimarães Viana inspira nome. Celina Guimarães Viana foi pioneira ao ter direito de voto, em abril de 1928, no Rio Grande do Norte”. Na capa do O Globo.

👥 Sociedade:

“Crimes de gênero. Assédio e perseguição crescem no ambiente virtual.” Na capa do O Globo.

👥 Sociedade:

“Mulher é alvo nas ruas e nas casas; violência tem dados chocantes.” Na capa do O Globo.

👥 Sociedade:

“Tecendo redes de apoio. Mulheres criam grupos para apoiar e incentivar profissionais em áreas de maioria masculina.” Na capa do Estadão.

👥 Sociedade:

“Atual ou ex cometem 71% de feminicídios e tentativas. Ao menos 119 mulheres foram mortas no Brasil em janeiro por causa de seu gênero.” Na Folha.

👥 Sociedade:

“Sobreviventes relatam histórico de abusos em relacionamento.” Na Folha.

👥 Sociedade:

“Casas da Mulher têm obras atrasadas e até falta de internet.” Na Folha.

👥 Sociedade:

“Damares lançará a campanha para “salvar uma mulher”. Manicures, cabeleireiras e depiladoras serão ensinadas a identificar sinais de violência.” Na coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

👥 Sociedade:

“Com mulher no comando, resto da empresa fica mais diverso. À frente de grandes companhias, seis executivas relatam impacto de uma gestão feminina.” Na coluna Mercado Aberto, por Cristina Frias.

👥 Sociedade:

“Violência doméstica, feminicídio e saúde pública. Todos devem atuar no combate a agressões.” Artigo de Rossana Pulcineli Vieira Francisco, rofessora associada de obstetrícia na Faculdade de Medicina da USP e presidente da Sogesp (Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo), na Folha.

👥 Sociedade:

“Cresce presença de mulheres no agronegócio. A participação feminina no agronegócio, um setor dominado por homens, cresce em termos de qualificação, empregos com carteira assinada e surgimento de lideranças. Segundo a Esalq/USP, o número de mulheres no setor aumentou 8,3% em 11 anos.” Na capa do Valor Econômico.

😱 Tragédia:

“MP investiga se Vale forçou laudo de segurança.” Na capa do Estadão.

Destaque histórico:

“No dia 08 de março de 1917, as mulheres trabalhadoras do setor de tecelagem, na Rússia, entraram em greve e reivindicaram a ajuda dos operários do setor de metalurgia. A data foi posteriormente estabelecida, por um congresso internacional feminino, como o Dia Internacional da Mulher, e reconhecida pela ONU, em 1975.

Sextilha:

Em mais um 8 de março

Deve o homem aproveitar

O simbolismo da data

Pra novo rumo tomar

E entender que a mulher

Nossa igual sempre será.

(SB)

👍Positivo:

“PM expulsa solado que matou ex-namorada no DF e está preso por tempo indeterminado.” No G1.

👎Negativo:

“Jovem morre em hospital depois de ser queimada pelo namorado.” Balanço Geral, da Record.

Receba todas as novidades do Anexo6diretamente em seu email


Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notifique-me de
Fechar Menu