SINOPSE DO NOTICIÁRIO DE 14.08.2023

As manchetes dos principais jornais do Brasil seguem trazendo à tona temas relevantes que dominam a cena política e econômica do país. A do Estado de São Paulo reflete o peso e a relevância do agronegócio na economia brasileira. Já a do O Globo destaca a ação do Centrão, bloco parlamentar conhecido por sua postura pragmática, em articular a ampliação de emendas obrigatórias. Enquanto isso, a da Folha de São Paulo sugere um conflito institucional envolvendo o Supremo Tribunal Federal (STF) e outros órgãos do Judiciário. Enfim, a do Valor Econômico ilustra um ambiente promissor para os fundos imobiliários no Brasil, relacionando o crescimento às cotações na bolsa e aos cortes da taxa Selic.

Manchetes do dia:

“Municípios ligados ao agro lideram geração de novos empregos. Setor é motor das cidades acima de 50 mil habitantes que criaram mais vagas em relação à população.” Manchete de capa do Estadão.

“Justiça dribla STF na área trabalhista e causa reação. Decisões ignoram jurisprudência ao tratar de carteira assinada; ministros veem afronta à autoridade da corte..” Manchete de capa da Folha.

“Congresso quer ampliar emendas que o governo é obrigado a pagar. Centrão articula para que repasses de R$ 7,5 bilhões de comissões de Câmara e Senado sejam impositivos.” Manchete de capa do O Globo.

“Emissões de fundos imobiliários crescem e beiram R$ 11 bi até julho. Investimentos. Recuperação está realacionada às cotações na bolsa nos últimos meses e ao início de cortes da Selic.” Manchete de capa do Valor Econômico.

Editoriais do dia:

“A fórceps. Lira mostra pragmatismo ao dizer que governo deve debater reforma administrativa.” Editorial da Folha.

“Prende-se muito e mal. Com lei nebulosa, combate às drogas no Brasil não distingue usuário e traficante.” Editorial da Folha.

“Câmara deve prorrogar desoneração da folha para preservar empregos. Medida já aprovada no Senado evitou perda de 1,6 milhão de postos de trabalho entre 2018 e 2022.” Editorial do O Globo.

“Proposta do MEC para ensino médio pode ficar melhor. Aperfeiçoamentos ainda serão necessários, mas ao menos governo descartou revogar e reforma.” Editorial do O Globo.

A falência de um Estado em tempo real. A selvageria no Equador é só um episódio do teatro de horrores do narcotráfico na América Latina.” Editorial do Estadão.

Pagar emenda é prerrogativa do governo. Fixar calendário para pagamento de emendas na Lei de Diretrizes Orçamentárias é invadir competências.” Editorial do Estadão.

O País precisa do Marco das Garantias. Fará bem o Congresso se aprovar o projeto que amplia segurança jurídica e reduz custo do crédito.” Editorial do Estadão.

Com escassez de recursos, Lula lança PAC de R$ 1,7 tri. A situação fiscal recomenda um programa mais focado e menos ambicioso.” Editorial do Valor Econômico.

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) volta a operara nesta segunda-feira, 14, após o final de semana.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Advertisment -
Cowmeia Coworking

MAIS POPULARES